Carregando aguarde...
Itapira, 29 de Setembro de 2020
Artigo
28/01/2013 | José Carlos Barbieni: Como evitar que nossos filhos usem drogas??

 Olá a todos, e como todos... De luto.

Confesso que estava dando por encerrado os textos sobre as drogas, e com a tragédia da cidade de Santa Maria-RS, então, travei! Como escrever sobre as drogas, um assunto que envolve principalmente os jovens, quando justamente tantos jovens morrem de uma forma tão estúpida, afinal há mortes envolvendo jovens que não sejam estúpidas? Sinceramente penso que não.
Mas não poderia encerrar os artigos sobre as drogas sem ao menos  divagar sobre alguns conselhos sobre como não entrar nessa roubada, e então procurei pesquisar relatos de usuários e ex-usuários sobre como entraram nessa.
A primeira conclusão é de que na maioria das vezes é pelos amigos que se tem o primeiro contato com as drogas, e não com o traficante diretamente como muitos imaginam.
A segunda é de que todos cometeram o mesmo erro, acharam que poderiam entrar e sair quando quisessem, tinham plena convicção que seria apenas para curtir, que eles dominariam o vício, e não ao contrário.
A terceira, não adianta combater o tráfico, se não houver prevenção ao consumo, a entrada nesse caminho se parece com aquela propaganda antiga da internet discada: “Fácil de entrar, Difícil de sair” ou num trocadilho melhor “Fácil de entrar, Fácil de cair”
Como evitar que nossos filhos usem drogas?
Logo de cara talvez respondam: É preciso investir em educação, lazer, investir na promoção social do individuo, o que é correto, porém é certo que entre os zumbis das cracolândias há pessoas que tinham família, um padrão de vida razoável, que podiam viajar, aproveitar a vida, há pessoas formadas e instruídas que mesmo assim acabaram lá.
Diante disso, ter instrução e formação não é garantia de ficar longe das drogas, então o que fazer?
Aos Pais cabe deixarem de ser autoridade, para se tornarem amigos de seus filhos, dando lhes tempo, atenção e participação na vida deles, pois os filhos costumam ouvir melhor o amigo do que a “autoridade”, bem como se informarem o máximo possível sobre as drogas para que diante de uma pergunta ou do próprio problema, saibam o que responder e fazer.
Também cabe aos Pais darem os melhores exemplos possíveis, ou como um pai fumante vai convencer seu filho a não fumar? Neste caso o melhor não é proibir simplesmente, mas dar seu próprio testemunho do quanto é difícil largar o vício, para que ele pense bem se vale a pena experimentar.
Aos filhos talvez caiba dar uma chance a si mesmos para acreditar nas verdades sobre as drogas, ter consciência de que podem viver muito melhor sem elas, que não precisam delas para coisa alguma, mas acima de tudo, nunca se acharem mais fortes que as drogas, porque não são.
Qualquer conselho, informação ou tratamento que se pensar, vai invariavelmente se prender a força de vontade de cada um, não experimentar e não usar é uma escolha individual não importando propagandas, exemplos de viciados, etc.
O que se perde NÃO USANDO drogas? Um barato e alguns “amigos” talvez.
O que se perde USANDO drogas? Na maioria das vezes... A vida!
 
A todos, muita paz, saúde e Prosperidade! E força às famílias em Santa Maria.
José Carlos Barbieni – Serralheiro
Técnico em informática pela Etec “João Maria Stevanatto”- Itapira-SP
E-mail: Jkarlosbarbieni@gmail.com
Fonte: José Carlos Barbieni

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de José Carlos Barbieni
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1915 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções