Carregando aguarde...
Itapira, 05 de Agosto de 2020
Artigo
19/05/2012 | José Carlos Barbieni: Fim dos Pecados capitais Inveja e Caridade

 Olá a todos, chegamos ao fim dos Sete Pecados capitais, hoje é sobre a INVEJA, e a virtude tão presente em quase todas as religiões, a CARIDADE.

 
“A sua inveja é a força do meu sucesso”
 Quem já viu essa frase em algum carro ou caminhão, deve notar a preocupação que muita gente tem com a inveja por parte de outras pessoas, pois a inveja não é o desejo de ter o mesmo sucesso ou bens que alguém tenha, mas o desejo que aquela pessoa perca tudo o que tem, nivelando-se assim àquele que sendo incompetente para conseguir as mesmas coisas, acha mais fácil desejar a derrocada daquele que para ele é um vencedor.
 Porque se importar tanto com a vida alheia? Porque se preocupar com o que os outros têm ou deixam de ter? Qual a razão deste comportamento do ser Humano? Floyd talvez explique,  qualquer psicólogo terá sua opinião e até mesmo numa conversa de bar os “filósofos de plantão” vão dar seu parecer sobre esse sentimento tão destrutivo presente em todas as classes sociais, onde as pessoas invejosas são capazes de tudo para prejudicar alguém como plantar mentiras, colocar objetos nos pertences de alguém, para depois fazer uma “denuncia”, e outras coisas, para prejudicar quem muitas vezes não faz mais do que mostrar trabalho e eficiência no seu dia a dia.
Os invejosos não fazem idéia do que significa a CARIDADE, perdidos, doentes em seu egoísmo, agregam em si quase todos os males dos Sete Pecados Capitais, o invejoso é antes de tudo um infeliz consigo mesmo, com sua vida, e como não consegue subir, deseja que os outros caiam.
Praticar a CARIDADE, fazer alguém feliz, doar um pouco que seja do nosso tempo para ajudar alguém, nos faz sentir melhor e até nossa saúde tende a melhorar, a inveja só traz energias negativas.
Mas ainda não terminamos, lembra-se que escrevi que a TRAIÇÃO e FIDELIDADE deveriam figurar com pecado e virtude também? Pra não alongar demais esses posts, vou escrever sobre eles neste post mesmo.
Quando se fala em traição, logo se pensa na traição conjugal, e por mais estranho que possa parecer, essa traição não é a principal a ser abordada porque se houve a “pulada de cerca”, das duas uma, ou nunca houve AMOR e RESPEITO, ou esse amor e respeito já se acabou faz tempo, quem ama e respeita não trai.
De qualquer forma, a traição nos contraria, dói e até revolta, pois depositamos CONFIANÇA em alguém que deliberadamente decidiu não respeitar e corresponder a essa confiança e não é a traição em si que mais machuca, mas o sentimento de desprezo, quem nos trai, nos releva a nada e é isso que sentimos quando vemos aquele político no qual votamos, fazer exatamente o contrário do que esperávamos dele.
Sobre a FIDELIDADE, a que se dizer que FIDELIDADE não se pede ou obriga-se, pois a obrigação maior de quem espera FIDELIDADE é oferecê-la, e se quem está ao seu lado, seja um sócio, um amigo ou esposo (a), não lhe é fiel, não serve para compartilhar a vida contigo, antes só do que mal acompanhado (a)
Ao encerrar sobre os Sete Pecados e as Sete Virtudes, espero ter plantado algumas sementes de reflexão pelo menos, pois se seguíssemos uma vida mais regrada, sem apegos materiais, de humildade e respeito ao próximo, certamente muita coisa não estaria acontecendo.
Até o próximo post!
Saúde, Paz e Prosperidade a todos.
José Carlos Barbieni                        jkarlosbarbieni@gmail.com
Fonte: José Carlos Barbieni

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de José Carlos Barbieni
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

552 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções