Carregando aguarde...
Itapira, 27 de Janeiro de 2020
Artigo
03/05/2015 | José Carlos Barbieni: O consumidor tem sempre razão...Até que se prove o contrário!
Olá a todos, de volta... Acredite, é serio tô de volta!
Ah! Finalmente a novela da internet parece ter chegado ao fim, via rádio em casa!
Bom... Vamos lá então, que parece piada, e talvez seja mesmo.
Imagine que você precise ou simplesmente queira comprar um produto qualquer, que no caso precisa de eletricidade para funcionar, pode ser um eletro-eletrônico, um eletro-doméstico ou uma máquina qualquer, bem... Entendeu né?
Bom, então lá vai você até uma loja, escolhe o produto de sua preferência, e todo contente o leva pra casa, e logo ao ler o manual descobre que nem todas as instruções são devidamente claras, lê daqui, lê dali e ainda se pergunta se é assim mesmo que funciona.
Sabe aquela funcionalidade fantástica da propaganda? Pois é, vai ter que ficar pro dia seguinte tentar fazê-la funcionar, o tal do “Menu” insiste em não mostar. É claro que nem sempre é assim e estou exagerando, pois, as empresas estão investindo em manuais cada vez menores e mais explicativos, que ajudam muito se conseguir entendê-los, é claro.
A questão aqui não é o manual, que nem é a tal piada, mas a “complexidade” dos aparelhos atuais, ou seja, aposto que muitas pessoas têm celular ou TV de última geração com alguma função que não usam, ou que ainda não sabem bem como funciona.
Devido a isso, é comum que a falta de identificação de alguma funcionalidade seja entendida como defeito, fazendo-o ficar com aquela cara de quem jogou dinheiro fora, e, volto a repetir, isso é mais comum do que se pensa, bastando reparar nos balcões de atendimento das lojas, quantas pessoas não estão lá reclamando que um aparelho não faz isso ou aquilo.
O mais engraçado é que na maioria das vezes o atendente mostra que funciona e nos convence a ficar com o dito cujo, ainda que estejamos com a “pulga atrás da orelha”, e é justamente dessa situação que surge a tal piada, leia, é curtinha.
-Boa tarde, gostaria de trocar este (...) pelo outro, mesmo sendo mais caro, parece que este não funciona direito, tem coisas que ele não faz, parece...
-Mas você ligou, usou ele?
-Liguei, mas não sei... Parece que o outro é melhor, a marca do outro é melhor, mais conhecida, sabe!
-Ah, mas se ligou não tem troca.
-Ué, Só porque “ligou” não tem troca? Ademais se não ligar e usar como vou saber se gosto ou não, ou se não funciona?
-Não é isso, e que se ligou e funcionou, não tem defeito, e ai não tem troca!
-E se não ligasse?
-Ai a gente mandaria pra assistência técnica.
-Pra que, se nem ligou?
-Pra saber se tem defeito... Ai sim tem troca!
Pois é, parece que alguém se esqueceu de informar que não era pra ligar, se ligar e apenas funcionar já era, perdeu a garantia.
Mas, logo chega outro atendente, mais informado e solícito, perguntando obviamente mais do que simplesmente se ligou ou não e já vai perguntando qual o problema, que depois de explicado apresenta a sua opinião e também algumas possíveis soluções, resumindo... Não é que o segundo atendente resolveu?
Bem... Tá certo que a piada não teve graça, mas fica a dica aos atendentes de forma geral, para atentarem que o consumidor não tem obrigação de saber TUDO sobre o produto adquirido, entenderem que é normal o consumidor se confundir ou não entender uma funcionalidade mais complexa, e ir logo achando que não funciona direito, ou que não é aquilo que ele esperava.
LIGAR E FUNCIONAR não significa FUNCIONAR COMO O CONSUMIDOR ESPERA!
Você pode saber mais em: http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/quando-voce-pode-devolver-a-compra-e-ter-o-dinheiro-de-volta
A todos, muita Paz, Saúde e Prosperidade em 2015!
José Carlos Barbieni – Serralheiro- E-mail: Jkarlosbarbieni@gmail.com
Técnico em informática e administração

Pela ETEC  “João Maria Stevanatto”- Itapira-SP 

Fonte: José Carlos Barbieni

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de José Carlos Barbieni
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

728 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções