Carregando aguarde...
Itapira, 20 de Setembro de 2020
Artigo
10/11/2012 | José Carlos Barbieni: Será que a "bola de neve"já cresceu demais???

Olá a todos, grato pela leitura e vamos refletir mais um pouco novamente.

Visualize a cena de uma bola de neve rolando montanha abaixo, e como nos desenhos animados, ela vai crescendo e ficando cada vez mais difícil de segurar, nunca estive num lugar com neve, e por isso não sei se isso acontece mesmo, mas, essa analogia serve bem para mostrar que um pequeno problema pode se tornar um problemão.

Agora pense numa fotografia de um atleta saltando um obstáculo, ao vê-la você não sabe que distância ele usou para correr até o obstáculo, qual a competição em que ele participava, ou mesmo se ele caiu após o salto, apenas e tão somente a foto não revela esses detalhes.

Estou enrolando muito não? Então vamos a conclusão dessas duas imagens, que primeiramente nos mostram que precisamos identificar e agir ante os problemas quando estes ainda são relativamente fáceis de se resolver, ou eles vão se avolumar, e também que não basta reclamarmos de um estado de coisas de agora sem analisarmos como a situação chegou a tal ponto para agirmos com vistas a resolver não só por agora, mas também de forma duradoura.

Os noticiários dos últimos dias têm mostrado a morte de muitos policiais, que são assassinados por criminosos como oferta ao crime organizado, e sem a mínima consciência de que para cada policial morto, são pais, mães e filhos que acabam “morrendo” junto com eles.

É claro que eu seria injusto se não destacasse que a morte de alguém, provocada por outra pessoa, é um grande fracasso da humanidade, pois seja um policial, um cidadão de bem e até mesmo um criminoso, que via de regra não nasceu para o crime, mas foi moldado pela vida que teve ou deixou de ter, todos vãos sempre deixar algum pai ou mãe ou filhos entristecidos.

 E como se chegou a esse ponto, quando a “bola de neve” já parece ter dimensões insuportáveis? É claro que o problema não é de agora e talvez tenha começado a partir do momento em que em nome da Democracia, a sociedade foi flexibilizando cada vez mais suas regras de conduta, chegando a essa inversão de valores que vemos hoje.

Como esperar que as coisas se ajustem quando arrancar uma árvore, prender um pássaro, ou deixar de pagar pensão sejam considerados crimes mais perigosos que alimentar as finanças do tráfico através do consumo de drogas ilícitas? Parece sintomático que desde que as leis se tornaram benevolentes com usuários, o poder de fogo dos traficantes, seja financeiro ou de armamentos mesmo, aumentou  e muito!

Igualmente a sociedade reclama das leis que ao invés de protegerem as crianças da criminalidade, as incentiva a entrarem para esse mundo, através de uma aparente impunidade patrocinada pela própria lei.

E o que dizer das prisões, que já não passam de um depósito de gente repudiada pela sociedade, que não recupera ninguém, e até mesmo como punição pode ser questionada, já que muitos presidiários estão mais seguros lá dentro que nós aqui fora, e comandando ações criminosas do mesmo jeito, bem como qualquer familiar que tenha algum parente preso, sabe que são eles os que mais sofrem, seja pela incerteza da integridade do parente ou pela  “Obrigação” de levar isso ou aquilo para dentro dos presídios.

É urgente que se reforme as leis e a conduta dos Homens Públicos, para termos uma sociedade com valores éticos e morais voltados para o bem comum.

 

Muita saúde, Paz e Prosperidade a todos!!

José Carlos Barbieni – Serralheiro

Técnico em informática pela Etec “João Maria Stevanatto”- Itapira-SP

E-mail: Jkarlosbarbieni@gmail.com 

Fonte: José Carlos Barbieni

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de José Carlos Barbieni
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

681 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções