Carregando aguarde...
Itapira, 20 de Setembro de 2020
Artigo
26/08/2012 | José Carlos Barbieni: Você se considera uma pessoa de sorte?
Olá a todos, de volta com mais um texto, por enquanto semanal.
Sorte?? Sorte de quem tem!
Você se considera uma pessoa de sorte? Talvez alguns respondam que sim, por ter um bom emprego, uma boa família, carro, etc. Mas primeiro vamos tentar analisar o que é SORTE.
Para algumas pessoas, ter sorte é estar no lugar certo e na hora certa, aproveitar aquela oportunidade que surgiu, conseguir encontrar dinheiro perdido, ganhar várias vezes em loterias, bingos e por aí vai, cada um terá sua concepção de sorte.
Nem tudo se resume a sorte, já que algumas vezes de nada adiantará estar lá se não estiver preparado para a oportunidade ou chance que lhe foi aberta, geralmente quem tem um bom emprego estava preparado para a vaga, quem tem uma boa família, usou critérios mais exigentes para escolha do Parceiro (a), bem como aqueles pais que tem filhos mais educados, certamente participam mais da vida deles.
Muitas das coisas boas que nos acontecem, são resultados de nossas próprias escolhas e atitudes, e se houve alguma sorte, foi ter pensado bem antes.
Há também fatos que são obra do acaso, ou seja, ganhos e benefícios que não se repetem, e tais fatos são raros em nossas vidas, até mesmo ganhar numa loteria uma vez na vida (que certamente poderia valer pelo resto dela!) pode muito mais ser creditado ao acaso que a sorte, ora, os números serão sorteados, e o ganhador será aquele que apostar nos números coincidentes com o sorteio, e há ainda a possibilidade de ninguém ganhar, é pura matemática e probabilidade nada mais.
Na internet é possível encontrar programas que simulam apostas com seus números  preferidos, e fornecem a relação de sorteios em que você ganharia algum prêmio, desde a criação do jogo até o sorteio atual, vale a pena ver!
Pelo grande número de apostas nos mais variados tipo de jogos disponíveis hoje nas casas lotéricas entende-se que as pessoas acreditam muito mais na sorte que no trabalho como instrumento para mudar de vida, o que não deixa de ser uma constatação lógica, já que muitos trabalham a vida inteira, e mal conseguem sobreviver e pagar suas contas.
Infelizmente vivemos num país que apesar de ter um povo trabalhador, não valoriza adequadamente tanto o trabalho, quanto o próprio trabalhador, a começar pelo famigerado imposto retido na fonte, que obriga o trabalhador a dividir o resultado de seu suor com o estado.
E temos ainda, a “esperteza”, que é vista como qualidade necessária para se conseguir alcançar os objetivos. Seja qual for seu trabalho, orgulhe-se dele, só quem trabalha sabe valorizar o que tem, e o que não tem também.
 
Muita saúde, Paz e Prosperidade a todos!!
José Carlos Barbieni 

Serralheiro e técnico em informática pela Etec Itapira                         Jkarlosbarbieni@gmail.com 

Fonte: José Carlos Barbieni

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de José Carlos Barbieni
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

779 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções