Carregando aguarde...
Itapira, 07 de Agosto de 2020
Artigo
27/04/2014 | Valeria Vassoler: Detoxificação - Muito mais que melhorar a prisão de ventre, a pele e o emagrecimen

O organismo em equilíbrio metabólico, nutricional, hormonal, emocional, ambiental e espiritual, tem a capacidade de defender-se das doenças, manter-se com saúde, prolongar a vida com qualidade e desfrutar de todo seu potencial.

Nos últimos 80 anos, produzimos mais toxinas ambientais do que em toda a história da humanidade. Essas substâncias, denominadas xenobióticos, são estranhas ao organismo e estão presentes nos aditivos químicos dos alimentos industrializados, defensivos agrícolas, adubos, cosméticos, embalagens etc.
 
Os xenobióticos têm causado desequilíbrio no metabolismo pela sobrecarga dos órgãos especializados na desintoxicação do organismo, como fígado, intestinos, rins, pulmões, pele e sistema linfático.
 
O excesso dessas substâncias, em conjunto com a sobrecarga e/ou falha dos órgãos detoxificantes têm potencial teratogênico (causar danos ao feto), oncogênico (produzir câncer), desregulador do sistema endócrino, promotor de doenças e de diminuição da expectativa de vida.
 
Diminuir o aporte dessas substâncias e auxiliar os processos de desintoxicação e eliminação dos xenobióticos é uma forma eficiente, natural, econômica e isenta de efeitos colaterais para o organismo readquirir seu equilíbrio.
 
Antes que as doenças se instalem, vários sinais e sintomas de alerta surgem, que poderão estar relacionados com a sobrecarga dos órgãos detoxificantes:
 
• Cansaço, letargia, e indisposição frequentes;
• Diminuição do interesse sexual, dificuldade de ereção, ejaculação precoce e diminuição da qualidade ou ausência do orgasmo;
• Dificuldade de eliminação de fezes ou sensação que não eliminou o suficiente;
• Dificuldade de digestão, excesso de gases, dor ou plenitude após alimentar-se;
• Distensão abdominal mesmo que o restante do corpo esteja magro;
• Ganho de peso mesmo sem abusos ou desequilíbrios alimentares, gorduras localizadas, celulite e flacidez;
• Queimação estomacal com uso freqüente de anti-ácidos;
• Baixa imunidade, com infecções, inflamações e resfriados frequentes;
• Dificuldade de iniciar ou manter o sono;
• Acordar cansaço apesar de dormir o tempo de costume;
• Pele excessivamente seca ou oleosa, com acne, seborréia ou caspa;
• Descamação da sola dos pés ou palma das mãos;
• Odores corporais fortes e mau hálito;
• Alergias com agentes novos ou piora de agentes alérgicos conhecidos;
• Coceiras, irritação ou manchas vermelhas na pele;
• Olheiras e edema subpalpebral;
• Inchaços nos tornozelos, punhos ou abdômen;
• Rigidez, dor ou inchaços articulares, especialmente ao acordar;
• Excesso de secreções e congestão nasal, pigarro e muco espesso sobre a língua;
• Aumento da glicemia e/ou insulina;
• Depressão e tristeza sem motivos aparentes;
• Tonteiras, falta de concentração e confusão mental;
• Tensão Pré-Menstrual;
• Necessidade de tomar café ou outro estimulante para ter ânimo para as tarefas;
• Comportamento ansioso, com irritabilidade, falta de paciência e intolerância;
• Cefaléia e/ou enxaqueca;
• Percepção de envelhecimento acelerado e aumento das rugas;
• Diminuição dos reflexos, memória e velocidade de raciocínio.
 
Fonte: Busca saúde
Fonte: Valeria Vassoler

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de Valeria Vassoler
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1367 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções