Carregando aguarde...
Itapira, 21 de Janeiro de 2020
Artigo
24/08/2014 | Valeria Vassoler: Estrias nas unhas:o que fazer?
É possível identificar problemas no organismo e algumas doenças pela mudança que estas fazem nas unhas. As estrias horizontais normalmente indicam uma interrupção no crescimento das unhas. Isso acontece, por exemplo, quando uma pessoa teve febre alta.
 
Também podem sinalizar problemas renais. Já as verticais podem estar ligadas a doenças da tireoide ou a uma carência nutricional. “A cor também diz muito”, afirma Beni Moreinas Grinblat, dermatologista do Hospital Israelita Albert Einstein (SP).
 
Se estiverem amareladas, há o risco de a pessoa sofrer com algum problema pulmonar. Já a cor arroxeada indica deficiências circulatórias.
 
Se estiverem quebradiças é muito provável que esteja faltando ferro no organismo. A carência pode ser devida a um fluxo menstrual intenso. “É comum também ficarem quebradiças por redução do hormônio estrogênio, o que acontece quando a mulher entra na menopausa”, alerta Regina Schechtman.
 
As micoses também podem acometer as unhas, se isso ocorrer o melhor a fazer é procurar um dermatologista. Existem muitos produtos manipulados ou não, para esses tratamentos.
 
No quesito beleza das unhas as estrias podem incomodar bastante quando aparecem. Deixar nossas unhas bonitas e saudáveis não é apenas uma questão estética, como dito acima, o aparecimento dessas estrias pode ser um aviso de que algo não anda bem em seu organismo, por esta razão preste muita atenção nas causas e soluções para as estrias nas unhas.
 
Como as estrias da pele, as estrias das unhas aparecem como ranhuras mais ou menos pronunciadas, sobre a superfície das nossas unhas. Esses sulcos podem ser transversais ou longitudinais, sendo estes últimos os mais frequentes.
 
Além das razões citadas acima, as mais comuns são: distúrbios alimentares, doenças como o hipotireoidismo, a falta de vitamina A, vitamina B e o ferro, por algum tipo de alteração ou doença em sua raiz, porque foram golpeadas ou maltratadas ou simplesmente porque perderam vitalidade.
 
Cuidar da alimentação, aumentando a ingestão de alimentos naturais que proporcione à sua dieta diária, esses minerais e vitaminas.
 
Mantenha as unhas das mãos e dos pés muito limpas para evitar infecções.
 
No entanto, se você notar que já possui estrias, elas não podem desaparecer,
 
Há métodos para disfarçá-las:
 
Com uma lixa poderá igualar a superfície da unha. É aconselhável deixá-las de molho por pelo menos 5 minutos, para que suas unhas se encontrem mais suaves e para que fique mais fácil de iguala-las.
 
Aplique um esmalte que contenha vitaminas e cálcio, isto ajudará a selar as cutículas. Existem esmaltes manipulados que além de fortalecer as unhas podem auxiliar na prevenção das micoses.
 
Por último, utilize o esmalte de unhas de sua preferência para completar o procedimento.
Fonte: Valeria Vassoler

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de Valeria Vassoler
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

865 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções