Carregando aguarde...
Itapira, 23 de Janeiro de 2022
Notícia
22/09/2011 | AMÉRICA-MG 1 x 2 SANTOS

Mesmo fora de casa, o Santos começou o jogo tentando imprimir ritmo forte. Logo no primeiro minuto, Neymar teve boa chance para abrir o marcador, mas cabeceou em cima do goleiro Neneca, que fez a defesa. Diante do ímpeto santista, o América ficou preso na defesa e demorou para se arriscar.
Aos poucos, porém, o América-MG conseguiu equilibrar o jogo. E ainda teve as duas melhores chances no primeiro tempo. Aos 21 minutos, Gilson arriscou chute de longe e mandou a bola na trave. Depois, já aos 45, Irênio apareceu sozinho na área, mas o goleiro Rafael fez grande defesa e evitou o gol.
Do outro lado, o Santos insistiu nas jogadas individuais de Neymar, sem muito sucesso. O jovem astro até que arriscou alguns dribles, mas não conseguiu escapar da marcação feroz. Além disso, faltou criatividade para o meio santista no ataque. Borges ficou isolado.
Na volta do intervalo, o panorama do jogo não mudou. Com muita disposição, o América-MG conseguia  equilibrar as ações. E o Santos dependia quase exclusivamente de Neymar. Aos oito minutos, por exemplo, o garoto fez boa jogada individual na entrada da área, mas o chute saiu fraco, facilitando a defesa de Neneca.
Aí finalmente brilhou a estrela do atacante Borges, acabando com o marasmo do jogo. Aos 16 minutos, ele aproveitou cobrança de escanteio de Neymar e cabeceou para abrir o placar: 1 a 0 Santos. Assim, chegou aos 18 gols, cada vez mais tranquilo na liderança da artilharia do Brasileirão.
O América-MG reagiu rapidamente. Num contra-ataque aos 21 minutos, o atacante Kempes pegou o rebote do goleiro Rafael, após chute de André Dias, e empatou. O Santos voltou a marcar aos 33, com Edu Dracena aproveitando novo escanteio batido por Neymar e garantindo a vitória por 2 a 1.

AMÉRICA-MG 1 x 2 SANTOS

América-MG - Neneca; Anderson (Rodriguinho), Preto e Micão; Marcos Rocha, Leandro Ferreira, Glauber, Irênio (Luciano) e Gilson; Kempes e André Dias (Fábio Júnior). Técnico: Givanildo Oliveira

Santos - Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Arouca e Ibson (Pará); Alan Kardec (Felipe Anderson), Borges (Bruno Aguiar) e Neymar. Técnico: Muricy Ramalho

Gols - Borges, aos 16, Kempes, aos 21, e Edu Dracena, aos 33 minutos do segundo tempo

Árbitro - Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Cartão amarelo - Adriano, Neymar, Marcos Rocha e Anderson

Renda e público - Não disponíveis

Local - Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG)
 

Fonte: Estadão

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

507 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2022 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções