Carregando aguarde...
Itapira, 23 de Outubro de 2020
Notícia
25/01/2017 | Bolo do Bixiga é partilhado por centenas para comemorar aniversário de São Paulo
São Paulo - Moradores do Bexiga comemoram os 463 anos da cidade de São Paulo com o tradicional do bolo gigante (Rovena Rosa/Agência Brasil)

São Paulo - Moradores do Bixiga comemoram os 463 anos da cidade de São Paulo com o tradicional do bolo gigante Rovena Rosa/Agência Brasil

Um bolo gigante de aniversário foi consumido em minutos por centenas de pessoas na manhã de hoje (25). O motivo da festança é a comemoração dos 463 anos de São Paulo, celebrado nesta quarta-feira. A cidade voltou a ser homenageada com o tradicional Bolo do Bixiga, celebração famosa que teve sua última edição em 2008 e foi interrompida por falta de patrocinadores.

Com saudade da comemoração, moradores e comerciantes da Bela Vista e do Bixiga (região central), onde a festa ocorria desde 1986, se reuniram para confeccionar o bolo gigante, que é partilhado rapidamente entre a população presente.

Neste ano, a confecção do bolo foi comunitária. Os voluntários doaram um bolo de pão de ló ou de outro sabor. Uma das voluntárias foi a auxiliar técnico em enfermagem Áurea Amélia Caviquioli, moradora do Bixiga há 37 anos. ?A cada ano a gente espera mais organização, e que o pessoal colabore, para curtir mais o aniversário dessa cidade linda que amo?, destacou. Ela também colaborou na montagem da mesa do bolo, que começou logo cedo na Rua Rui Barbosa.

São Paulo - Moradores do Bexiga comemoram os 463 anos da cidade de São Paulo com o tradicional do bolo gigante (Rovena Rosa/Agência Brasil)

São Paulo - Moradores do Bixiga comemoram os 463 anos da cidade de São Paulo com o tradicional do bolo gigante Rovena Rosa/Agência Brasil

A bióloga Márcia Rebouças, moradora da Vila Mariana, chegou com seu bolo de cenoura e chocolate. ?Há anos que participo da festa, o Walter [organizador] é muito meu amigo, é uma festa muito bonita para população.?

Um dos idealizadores do bolo, o dono de cantinas Walter Taverna, 83 anos, espera que o evento promova a união. ?Com esta festa queremos uma união entre todas as famílias, sem nenhum preconceito?, avalia.

Ele conta que a tradição do Bolo do Bixiga teve início em 1986 com a ajuda do amigo Armandinho do Bixiga. Agora, quem comanda a organização é a neta de Walter, Thais Taverna. Para ela, ?o bolo representa esse valor de comunidade e o Bixiga é um bairro especial que consegue se promover pela sua cultura e essência, e leva isso para o Brasil?.

A ideia dos organizadores era que a cada ano o bolo igualasse em metros a idade da cidade, mas este ano não foi possível completar o tamanho. Thaís lamenta, mas não perde a esperança. ?O bolo não chegou aos 463 metros, mas é um primeiro passo para essa retomada, e ano que vem será melhor e maior!?, acredita.

Com a proximidade da chuva, o bolo foi cortado pouco antes do meio-dia, após o ?Parabéns pra você? tocado pela Banda da Polícia Militar, regida pelo maestro subtenente Edgar.

São Paulo - Moradores do Bexiga comemoram os 463 anos da cidade de São Paulo com o tradicional do bolo gigante (Rovena Rosa/Agência Brasil)

São Paulo - Moradores do Bixiga comemoram os 463 anos da cidade de São Paulo com o tradicional do bolo gigante Rovena Rosa/Agência Brasil

O ajudante de pedreiro Sérgio Paulo Paulino, garantiu o seu pedação e também levou um pouco para casa. ?Vou dividir com a minha família e especialmente com a minha irmã, que adora o aniversário de São Paulo.?

A turista Cristiana Muzzi, de Belo Horizonte (MG), está passando as férias na cidade e foi conferir a festa com a família. ?Sabia dessa história do bolo e viemos para saber como era. Achei fantástico, ainda mais agora que a comunidade está contribuindo. O bolo está uma delícia!?, disse.

Tradição


A festa do Bolo do Bixiga começou em 25 de janeiro de 1986, quando São Paulo completou 432 anos. A ideia foi do comerciante Armando Puglisi, o Armandinho do Bixiga, que decidiu homenagear a cidade que acolheu milhares de italianos com um bolo que chegou a ter 1.800 m nas primeiras edições. A ideia era que a cada ano o bolo igualasse em metros a idade da cidade.

Inicialmente, a festa era feita pela comunidade e depois ganhou patrocinadores. O bolo entrou no Guinness Book (Livro dos recordes). Já em 2008, um programa de TV incitou uma guerra de bolos, o que afastou patrocinadores. Desde então, pedaços de bolo prontos eram dados por patrocinadores. Em 2015, o evento entrou no calendário oficial da cidade.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/cultura/noticia/2017-01/bolo-do-bixiga-e-partilhado-por-centenas-para-comemorar-aniversario-de-saoLudmilla Souza ? Repórter da Agência Brasil

Fonte: Agência Brasil

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1199 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções