Carregando aguarde...
Itapira, 05 de Abril de 2020
Notícia
02/04/2015 | Fábrica de chocolate em Mogi Mirim espera crescimento de 80% na venda de ovos de Páscoa

Ivan Guerreiro exibe ovos já embalados: 30 toneladas produzidos neste ano

Ivan Guerreiro exibe ovos já embalados: 30 toneladas produzidos neste ano

 

A cidade de Mogi Mirim abriga uma empresa que tem se destacado no mercado pela qualidade do chocolate que fabrica. Operando há cinco anos, a Don Guerrier não somente possui uma linha de produtos exclusivos, como também fabrica sua própria matéria prima, ou seja, o chocolate.

 
Segundo o diretor-comercial da Don Guerrier, Ivan Sia Guerreiro, 29, a qualidade do produto tem sido a principal mola propulsora do crescimento da empresa. “O segredo do nosso produto está na processamento do produto final, onde os grãos de chocolate são triturados de forma a derreter na boca”, explica.
 
A empresa tem em seu portfólio uma linha de produtos que apresenta palha trufada como carro chefe, com quatro sabores; tabletes de chocolate de 25 gramas em duas apresentações; uma espécie de bolacha recheada e coberta com chocolate que leva a marca Tuttibom, e dois tipos de alfajor. E, neste período do ano investe forte na fabricação de ovos de chocolate para disputar o mercado ligado à celebração da Páscoa.
 
A estratégia principal da empresa, segundo Ivan Guerreiro, não é competir com as grandes marcas nas gôndolas dos supermercados, mas explorar um nicho mais seletivo formado por empresas e estabelecimentos que desejam personalizar suas marcas no produto. Desta forma ele estima que nesta Páscoa a Don Guerrier estará processando 30 toneladas de ovos de chocolate, inovando neste ano com opções de sabores como o meio amargo e o trufado, comercializados a partir de 85 gramas a meio quilo do produto, resultado cerca de 80% superior àquele registrado em 2014. “A indústria do chocolate tem neste período 30% de seu faturamento”, ensina Guerreiro.
 
As vendas da Don Guerrier também vêm experimentando crescimento ano a ano, o que obrigou seus proprietários a investir num processo de ampliação das atuais instalações. Em tempos de recessão econômica a situação da Don Guerrier é invejável. “Apesar da recente reforma, a gente sente que futuramente será preciso planejar uma nova ampliação”, revelou.
 
Atualmente a empresa conta com oito colaboradores diretos, que a rigor, são treinados para operar os equipamentos existentes no local. “O trabalho é quase todo ele mecanizado”, justificou o diretor comercial da Don Guerrier. Neste período de Páscoa o ritmo de trabalho é muito intenso. Não raramente a linha de produção tem operado em regime especial de horas extras.
 
Segredos
 
Indagado se existe nas empresas deste ramo uma preocupação comum na indústria de alimento, a de guardar a sete chaves uma receita diferente, Ivan Guerreiro diz que no caso da Don Guerrier o que existe de fato é uma preocupação na manutenção da qualidade do produto original, algo que, segundo esclareceu, tem mais a ver com ciência do que exatamente com segredos da vovó. “A formulação dos nossos produtos envolve trabalho de pesquisa e aplicação prática a partir da atuação do setor de engenharia de alimentos da empresa”, reforçou.
 
O chocolate é produzido a partir da combinação de ingredientes como licor e manteiga de cacau e açúcar. “Não usamos substitutos, somente produtos originais”, mencionou. Guerreiro fala que não existe uma preocupação de competir no mercado com este produto. “É um mercado dominado por duas ou três marcas de grandes empresas. Entendemos que não seria interessante competir neste nicho”, observou.
 
Terminado o período da Páscoa, as vendas de chocolate seguirão, segundo ele, um ritmo relativamente frenético por causa da estação mais fria, onde o consumo do produto normalmente cresce. Quando chega o chamado período de vacas magras, na Primavera e no Verão, a Don Guerrier foca sua atuação no planejamento do período seguinte. “É quando nós nos dedicamos mais, por exemplo, ao desenvolvimento e testes com novos produtos”, finalizou.
 
Local onde o chocolate é fabricado: cuidados especiais
 
Funcionária retirando produto da forma:linha própria de produtos
 
Fonte: Da Redação do PCI

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

332 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções