Carregando aguarde...
Itapira, 03 de Abril de 2020
Notícia
02/09/2016 | LIRAa tem índice zerado em julho, mas Vigilância faz alerta para criadouros

 Realizado na primeira quinzena do mês de julho, o LIRAa (Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti) teve índice zerado em Itapira. Isso significa que nas 1.221 residências trabalhadas, não foi encontrada nenhuma amostra com larvas do mosquito transmissor da dengue. “Em uma residência foi recolhida amostra de uma piscina, mas depois de análises constatou-se que a larva não era do Aedes”, complementou a chefe da Vigilância Epidemiológica de Itapira, Josemary Apolinário Cipola.

Apesar do resultado positivo, o fato de ainda terem sido encontrados muitos criadouros nas residências preocupa as autoridades em saúde. “Em relação aos outros levantamentos houve uma redução, mas ainda foram encontrados muitos criadouros bem conhecidos, como pratinhos de vasos, bandejas de geladeira com água, bebedouro de animais, latas, frascos e garrafas”, pontuou Josemary. Segundo os dados, o bairro da Vila Ilze foi o mais problemático.

Outro alerta feito por Apolinário diz respeito à atividade casa a casa, que é desenvolvido pelos agentes rotineiramente. Segundo relata, nesta semana foram encontradas muitas amostras de larvas nos bairros Santa Marta, Santa Fé e região Central da cidade. “Os locais mais comuns são em ralos e banheiros sem uso e o que nos preocupa é que sempre orientamos para tomar cuidado com esses tipos de situações. Nossos agentes estão reforçando as orientações para evitar que passemos por outra epidemia”.

Para intensificar o trabalho de prevenção, a partir deste sábado será retomada a Campanha Todos Juntos Contra o Aedes, do Governo Estadual. O trabalho consiste em uma ação conjunta de 75 agentes comunitários e de saúde em esquema de mutirão para visitar as residências de cada área de PSF (Programa Saúde da Família). “Serão dois sábados por mês e em setembro será amanhã, 3, e depois no dia 17. No período das 8 às 16h os agentes irão percorrer todas as casas e, além do trabalho de orientação, fazer a retirada de criadouros e, se necessário, aplicação de larvicida. E o trabalho se estende durante a semana”, explicou a chefe da Vigilância Epidemiológica. A previsão é que em dois meses todo o município tenha sido atingido pela campanha.

“Independente da campanha é importante que os munícipes se atentem ao cronograma da Secretaria Municipal de Serviços Públicos para retirada de entulhos. Durante as visitas, os agentes irão retirar apenas criadouros e irão orientar os moradores sobre como destinar corretamente os materiais”, finalizou Josemary.

Fonte: Assessoria de Imprensa PMI

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1052 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções