Carregando aguarde...
Itapira, 16 de Setembro de 2021
Notícia
06/05/2021 | Luiz Santos: A Família da Aliança

“Você se lembra dos Waltons? “Boa noite John Boy, Boa noite Mary Ellen”. Era assim que eles se despediam do público. Se você não é fã de seriados de TV antigos – beeem antigos – não vai se recordar deles. “Os Waltons” trazia a história de uma família que vivia no Estado da Virgínia, nos Estados Unidos, e representava o que havia de mais sagrado na história do povo americano. Suas histórias foram exibidas na TV a partir de 1972, por uma década no ar, apresentando o desenvolvimento de um lar protestante nos anos que se sucederam à conquista do Velho Oeste”1. Ou dos Pioneiros? “Little House on the Prairie é o título de uma série de televisão americana produzida pela NBC, de 11 de Setembro de 1974 até 21 de Março de 1983. Entre 1982 e 1983 a série foi reintitulada Little House: A New Beginning. Uma família tenta sobreviver em uma região selvagem, enfrentando animais perigosos, índios, o clima e toda sorte de perigos. Essa família chama-se Ingalls e é formada por Charles Ingalls, sua esposa Caroline e as filhas Mary, Carry e Laura. O ano era 1870, o local, o oeste bravo dos Estados Unidos, o motivo, a colonização de terras selvagens e a conquista de um lugar entre a sociedade americana”2. Houve um tempo em que a família era retratada na TV e no cinema como um bem superior, como um valor inegociável e a causa primária da estabilidade e da paz na sociedade. O interessante é que nessas duas séries de TV, além dos valores familiares e os seus dramas e dilemas, de maneira clara aparecem também os valores do Evangelho e, de alguma maneira, as famílias se refazem de seus percalços e de suas feridas na frequência do culto dominical. A Igreja estava no centro de suas vidas e o Evangelho influenciava grandemente as suas decisões e mesmo era crucial na definição de suas identidades. Os anos passaram, a sociedade e a cultura (in) evoluíram e a família tradicional, aquela do comercial da margarina, foi perdendo o seu espaço. Os valores foram sendo questionados e substituídos e novos arranjos familiares foram acordados. As produções da TV brasileira especialmente as novelas, passaram a promover de maneira atraente e sedutora o adultério, a fornicação e outras maneiras afetivas de se relacionar, que não aquelas abrigadas pela Palavra de Deus. De uma hora para outra, ser ou defender a família tradicional se tornou ofensivo, quase criminoso. Para não perder de vista esses elementos que fizeram tanto sucesso no passado (família, religião, cristianismo, igreja, moral) e para fidelizar um nicho cristão menos consciente, por isso mesmo, menos exigente, logo apareceram na TV ‘Os Simpsons’ e ‘Todo mundo odeia o Chris’. Ambos apresentam os dramas e os dilemas de uma família, em contexto americano, lógico, e que de alguma maneira possuem relações com a fé cristã, a igreja e etc. No mais das vezes essa representação religiosa é caricata, como a figura do Reverendo Timothy Lovejoy com moral duvidosa ou o fanático Nerd Flanders da série ‘Os Simpsons’. Mas, para ser franco, a Bíblia também não esconde os fracassos de muitas famílias, como as de Jacó, Davi, Eli e etc. Nem na Bíblia há suma perfeição nas famílias, nem na família humana de Jesus. A certa altura, nem sua mãe e nem seus irmãos acreditaram nele, o tinham por alguém fora do seu juízo normal (Mc 3.21). Contudo, a Bíblia não esconde a cura para as mazelas, as fraquezas e os pecados da família, a saber, a ministração da Aliança e seus benefícios. Viver sob a bênção do pacto celebrado com Deus e ministra-lo com regularidade em suas promessas, admoestações, leis, Evangelho e sacramentos corrige a rota, cura as feridas, perdoa os pecados, purifica o coração, oferece uma estrutura intelectual capaz de ler o mundo e discernir com base na verdade. Famílias ideais não existem, mas isso não quer dizer que você não possa viver de tal maneira sob a influência da Aliança e suas bênçãos que não possa e não deva experimentar a felicidade no casamento, na educação dos filhos e numa ditosa velhice. Ministre a Aliança no seu lar, molde a sua vida pela Palavra de Deus, frequente o ajuntamento solene, participe com assiduidade e alegria dos sacramentos e coloque a sua família a serviço do Reino no mundo. Os que são pródigos em abençoar, seguramente serão fartados de bênçãos. Traga a sua família para uma vida em Aliança com Deus e seja feliz!

Reverendo Luiz Fernando dos Santos é Pastor na Igreja Presbiteriana Central de Itapira.

 

1 https://www.deusnogibi.com.br/os-herois-e-a-biblia/simpsons-ou-waltons/

2 https://pt.wikipedia.org/wiki/Little_House_on_the_Prairie

 

 

Fonte: Luiz Santos

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1589 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2021 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções