Carregando aguarde...
Itapira, 21 de Novembro de 2019
Notícia
29/12/2017 | Luiz Santos: Não nos deixe de fora

Estamos encerrando o ano de 2017 e a poucas horas de iniciar o ano de 2018. Como ensinam os sábios, o passado é história, é memória e não se pode modificar. O futuro é sonho, é mistério, é incerto, não se pode antecipá-lo. O agora é real, é uma dádiva, por isso mesmo nós o chamamos de presente. Só temos o hoje, o agora para viver. Não podemos consertar, modificar e aperfeiçoar o passado. Podemos nos arrepender, podemos chorar por opções equivocadas e pecaminosas e podemos e devemos inclusive confessar esses pecados pois, o Senhor Eterno, o Senhor do tempo e da história, poderá curar o que passou para que no hoje não exerçam as suas nefastas influências. Quanto ao futuro, de maneira especial os próximos 365 dias, podemos sonhar com eles. Podemos desejar e planejar fazer coisas, viajar, encontrar pessoas, adquirir bens, celebrar a vida, mas tudo o que podemos mesmo fazer é plantar agora. Plantar, regar em oração, consagrar a Deus, esperar em suas provisões, buscar nele a direção, sabendo que só podemos mesmo, viver o já. Portanto, se não podemos viver os próximos 365 dias de uma só vez e nem conseguimos enxergar o que nos espera em cada esquina do novo ano, o que nos resta a fazer é viver intensamente o cada hoje. Cada novo hoje é uma dádiva que já vem prenhe das misericórdias do Senhor que se renovam a cada manhã. Podemos sair a cada dia com essa certeza em nosso coração, que essas misericórdias são suficientes para não sermos consumidos se a dor e o infortúnio nos assaltar. Podemos levantar com confiança ao raiar de um novo dia sabendo que o Senhor é bom, seu sol e a sua chuva nos serão ofertados graciosamente. Podemos certificar à nossa alma que em cada novo dia e em cada instante dele em todo o tempo Deus será bom e será bom em todo o tempo. Ao sair de casa para o trabalho, a escola, para cumprir nossa jornada diária em 2018, sob quaisquer circunstâncias podemos e devemos falar ao nosso coração: “tudo coopera para o bem dos amam a Deus, dos que são chamados segundo o seu propósito” (Rm 8.28) e se acontecer algo humanamente desfavorável ou incompreensível, digamos com o salmista: “Aquietai-vos, parai e sabei que ei sou Deus” (Sl 46.10), e ainda “Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e o meu Deus” (Sl 42.11). E quando os dias forem correndo em 2018,  e ao chegar o fim de cada um deles e você colocar a cabeça no travesseiro, você poderá recitar com o salmista, ainda que hajam razões para inundar o leito de lágrimas “Em paz me deito e logo adormeço, pois só tu, Senhor, me fazes viver em segurança” (Sl 4.8) e “Eu me deito e durmo, e torno a acordar, porque é o Senhor que me sustém” (Sl 3.5). Recebamos 2018 com esperança em nossos corações. Entremos por seus portais transbordando convicção de que Deus está no controle da história, no comando e cuidado de nossas vidas e o que ele tem a nosso respeito são pensamentos de paz. Que o tempo de vida transcorrido já nos tenha dado sabedoria ao coração para valorizar e buscar aquelas coisas mais essenciais da vida, a amizade com Deus, o seguimento de Jesus Cristo, a dependência do Espírito Santo, a orientação das Escrituras, a vida em família e a intimidade do lar, a comunhão na igreja, o serviço aos pobres, o testemunho no mundo e o exercício nobre e abençoado de uma profissão. Honre os seus compromissos na Aliança. Honre os seus contratos e pague as suas contas em dia. Trabalhe em cada dia com ações de graças no coração. Se empregado, honre o seu patrão. Se patrão ou chefe, trate os seus cooperadores com dignidade e amabilidade. Desligue a TV, afaste o celular, conecte-se ao mundo pela proza, pela roda de conversa, pelo olho no olho. Deixe-se sensibilizar e tocar pelas dores alheias, dirija seus passos para onde houver injustiça e sofrimento e estenda as suas mãos para ajudar e socorrer. Não ceda membros e tempo para a fofoca e maledicências. Aprenda a remir o tempo em 2018 e faça desta citação bíblica uma via para a felicidade: “Quem de vocês quer amar a vida e deseja ver dias felizes? Guarde a sua língua do mal e os seus lábios da falsidade. Afaste-se do mal e faça o bem; busque a paz com perseverança. Os olhos do Senhor voltam-se para os justos e os seus ouvidos estão atentos ao seu grito de socorro; o rosto do Senhor volta-se contra os que praticam o mal, para apagar da terra a memória deles. Os justos clamam, o Senhor os ouve e os livra de todas as suas tribulações. O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido. O justo passa por muitas adversidades, mas o Senhor o livra de todas; protege todos os seus ossos; nenhum deles será quebrado. A desgraça matará os ímpios; os que odeiam o justo serão condenados. O Senhor redime a vida dos seus servos; ninguém que nele se refugia será condenado” (Sl 34.12-22). E seja lá o que Senhor tem planejado de bênção para 2018, que Ele não nos deixe de fora. Feliz 2018.

Reverendo Luiz Fernando é Ministro da Palavra da Igreja Presbiteriana Central de Itapira

 

Fonte: Luiz Santos

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

762 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2019 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções