Carregando aguarde...
Itapira, 22 de Fevereiro de 2020
Notícia
31/01/2017 | Luiz Santos: Piedade

 A palavra piedade ocorre cerca de quinze vezes no Novo Testamento. De acordo com o ensino bíblico, a piedade precisa ser exercitada e para tudo é proveitosa (1Tm 4.7-8). Os instrumentos para o seu exercício são especialmente a leitura da Palavra de Deus, a oração e a meditação. Sem piedade, este misto de amor e temor a Deus, não há coisa alguma na vida cristã que se sustente por muito tempo. Sem piedade o que prevalece na espiritualidade do cristão e da igreja é o formalismo religioso, legalista e sem vida. Fogo, se acende com fogo, portanto, o poder e o entusiasmo para uma vida espiritual operosa e abundante passam necessariamente pelo cultivo disciplinado da piedade, da devoção, da contemplação do ser e das obras de Deus. Precisamos desenvolver a mentalidade de “pensar nas coisas do alto onde Cristo está” (Cl 3.1), deixar fluir em nós os “mesmos sentimentos de Jesus” (Fp 2.5) e “possuir a mente de Cristo” (1Co 3. 16 b). Para que tudo isso aconteça e se torne um hábito salutar para o cristão algumas coisas se fazem necessárias. A primeira coisa a se fazer é mudar a ordem das prioridades de sua agenda. O momento devocional precisa assumir a mesma importância para você de um remédio de uso contínuo para uma doença crônica. Tem que ser tomado nas horas prescritas, não pode haver falhas ou negligências. Não pode ser motivado pelo seu estado de humor ou condicionado pelas circunstâncias, haja o que houver, esteja você alegre ou depressivo, é na leitura da Bíblia e na oração que obtemos o discernimento para compreender e lidar com os movimentos do nosso coração. Você precisa de um “quarto secreto”, um lugar somente seu. Não se trata aqui de um momento espiritual no coração, também isso, mas de um local físico, uma espécie de ponto de encontro, um lugar que lhe propicie privacidade com o Senhor, sem testemunhas, onde poderá se derramar sem reservas diante de Deus. Este “quarto secreto”, quanto seja possível em nossos dias, deve lhe proporcionar silêncio, solidão, quietude, indispensáveis para a meditação, o recolhimento, a contemplação e a concentração nas coisas mais essenciais da vida. A agitação e o barulho são dispersivos e facilmente roubam de nós a concentração, roubam do Senhor a atenção que lhe é devida em toda devoção. Outra coisa importante para uma vida piedosa é a confecção de um diário espiritual, uma coisa parecida com um caderno de anotações de suas impressões pessoais e de suas conclusões após cada estudo, cada leitura, cada impulso do Espírito Santo. Tomar notas das descobertas bíblicas é tão importante como anotar no papel as decisões que precisam ser tomadas em âmbito pessoal a fim de se consertar e ou aprofundar a caminhada com Deus. Este diário espiritual pode servir para que de vez em sempre você faça uma avaliação de seu progresso espiritual, e verificar em que estágio de progresso você se encontra, que coisas ou frutos você já colheu desde a última vez que repassou suas anotações e sua vida no escrutínio do Senhor. Contudo, o isolacionismo na vida devocional sempre corre o perigo do narcisismo espiritual, por isso será importante a figura de um mentor espiritual. Um irmão mais experiente na fé ou dotado do dom da paternidade espiritual ou simplesmente alguém em quem você confia. Compartilhar as suas experiências espirituais, pedir conselhos e orientações, confrontar-se com a opinião de um outro pode levar-nos a comprovação ou não da genuinidade de nosso progresso na piedade. O companheiro de jugo ou este mentor espiritual são a garantia de que nossa caminhada cristã não está à parte do Corpo de Cristo, não é uma vida desconectada da videira e não é um fim em si mesma. Nossas conclusões pessoais, a partir do quarto secreto tem ressonâncias espirituais sobre a totalidade da Igreja ou congregação a que pertencemos, pois, o fogo ateado em meu coração, não demora muito, atinge também outros irmãos. Se você sonha com uma Igreja avivada, queimando de paixão por Deus, por missões e evangelismo, acenda o fogo em seu coração, comece agora mesmo organizar sua vida devocional, busque a piedade, exercite-se nela e veja a Seara pegando fogo.

 

Reverendo Luiz Fernando

Pastor Mestre da IPCI

 

Fonte: Luiz Santos

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

280 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções