Carregando aguarde...
Itapira, 06 de Dezembro de 2019
Notícia
02/12/2014 | Mês de novembro fecha com um dos maiores índices de chuva do período

A tão aguardada chuva não decepcionou no mês de novembro. Foram registrados pela ETA (Estação de Tratamento de Água) do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgotos), 235,5 milímetros, aferidos até o final da tarde de sexta-feira, 28 , sem contar eventuais precipitações que podem ocorrer até amanhã, último dia do mês.

Na medição feita pelo SAAE foram registrados períodos de chuva intensa como há muito não era observado na cidade. Quarta-feira, 26, por exemplo, teve 55,1 milímetros. Não por acaso a Feira Noturna do Mercadão recebeu um dos menores públicos desde que foi implantada em abril passado.

As chuvas se concentraram no começo e no final do mês. No dia 04 havia chovido 32,4 milímetros.
 
Nos registros do SAAE, a partir de 1998, novembro deste ano ficou somente atrás de 2000, que registrou 259 milímetros e 2009, com 252,7. Em novembro do ano passado choveu 163,9. Isso significa dizer também que de janeiro até agora foi a segunda vez que o índice deste ano ficou maior do que o registrado no mesmo período do ano anterior. Em abril deste ano choveu 86,4 mm, contra 55,6mm de abril de 2013. No restante dos meses choveu menos, quando não, muito menos do que aquilo que foi registrado em 2013. Em dezembro do ano passado choveu 146,3 mm. A média do período fica perto dos 200 milímetros
 
Alegria
 
 
A população de uma forma geral festejou as chuvas recentes. O nível dos rios que cortam a cidade subiu consideravelmente, mudando radicalmente o panorama de preocupação que reinava até a semana passada. No comércio o clima era de alegria numa loja em especial, a Lei Bijuterias, na Rua José Bonifácio, que tem entre seus itens de maior saída as sombrinhas e guarda-chuvas. A atendente, que se identificou como Caitien, disse que vendeu muito guarda-chuva nesta semana. Segundo ela, como o itapirense e o brasileiro de uma forma geral não costuma carregar consigo o útil objeto, quando desaba uma chuva mais pesada como aconteceu no final da tarde de quarta-feira, muita gente corre comprar um, segundo seu relato.
 
Perguntado se não encalhou a venda dos guarda-chuvas durante a longa estiagem, ela disse que as vendas despencaram, mas, por outro lado, vendeu muitas sombrinhas. “O público feminino se socorre com sombrinhas em qualquer situação”,festejou.
Fonte: Da Redação do PCI

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1106 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2019 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções