Carregando aguarde...
Itapira, 04 de Dezembro de 2021
Notícia
14/04/2015 | Milton Leitão: USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS – SABENDO USAR NÃO VAI FALTAR

O tema que vou descrever hoje, é discutido desde 1984, entre as lideranças mundiais no setor da saúde, foi neste ano que a Assembléia Mundial de Saúde, solicitou ao Diretor de Organização Mundial de Saúde (OMS) a realização de um encontro de especialistas incluindo governos, indústrias farmacêuticas e organizações de pacientes e/ou consumidores para discutir o Uso Racional de Medicamentos, implementar o conhecimento e o fluxo de informação sobre o tema e discutir práticas de marketing a esse respeito.

Como base para este texto uso a Revista Racine, de Janeiro e Fevereiro de 2008, uma das mais importantes empresas do setor de estudos, formação e cursos para farmacêuticos do país.

Esse encontro recebeu o nome de Conferência de Especialistas em Uso Racional de Medicamentos, foi realizada no Quênia, no período de 25 a 29 de Novembro de 1885. A OMS em 1987 publicou um texto com as conclusões dessa reunião. No texto está introduzido o conceito Uso Racional de Medicamentos e apresentam as propostas e estratégias para alcançá-las.

No Brasil, a Política Nacional de Medicamentos conceitua como Uso Racional de Medicamentos: “Processo que compreende a prescrição apropriada; a disponibilidade oportuna e a preços acessíveis; a dispensação em condições adequadas; e o consumo nas doses indicadas a intervalos definidos e no período de tempo indicado de medicamentos seguros, eficazes e de qualidade.

Feito as definições e conceitos do tema, vou direto ao assunto, ainda não caminhamos muito no sentido desde então, muito já foi feito, mas tem muito por fazer. Prescritores, governos, farmácias, pacientes e a imprensa leiga no assunto precisam de mais informações sobre o que é Uso Racional de Medicamentos.

É de suma importância fazer uso de prescrições racionais, conceituada com prescrição de medicamentos indispensáveis, nas quantidades necessárias para alcançar os resultados desejados no tratamento das doenças e dos sintomas dos pacientes, em outras palavras, ninguém deve ficar sem remédio, mas não deve manter estoque em casa dos mesmos, isso gera automedicação, intoxicações, e principalmente custos para o usuário e para o sistema público de saúde que tem que arcar com o ônus da sobra de medicamentos que não estão sendo usados. Quando alguém estoca na sua casa, outro alguém carece, padece e pode até vir a morrer pela falta do mesmo.

Outro assunto que gosto de destacar quando falo de Uso Racional de Medicamentos é a Educação dos pacientes e consumidores, campanhas de Educação em Saúde, que visem reduzir o uso indiscriminado de medicamentos, mudanças de hábitos e estilo de vida, tiveram uma queda nos últimos anos, a prática que começou forte foi caindo, e mais uma vez o governo federal deixou de lado a Educação em Saúde, como foco na prevenção de doenças e usou seus recursos na medicina curativa, quando a pessoa já está doente.

Só vamos conseguir êxito com diminuição de gastos públicos, quando estabelecermos políticas que reforcem programas de medicamentos essenciais, convencermos os profissionais da saúde da importância do Uso Racional de Medicamentos, garantirmos informações sobre medicamentos a equipes de saúde, população, e órgãos reguladores. Precisa promover treinamentos dos trabalhadores em saúde, para que mudem os conceitos pré concebidos.

Para melhorar a qualidade de informações para o público é responsabilidade do governo e das organizações não governamentais garantir informações visando à educação dos consumidores, proverem informações relevantes e equilibradas sobre saúde, incluindo medicamentos. É necessário urgente que sejam compartilhadas responsabilidades com o público em Educação em Saúde.

Milton Antonio Leitão – É farmacêutico bioquímico; Pós Graduado em MBA – Gestão de Farmácias– Consultor da Farmácia de Manipulação Formula Athiva – Rua Regente Feijó – 118. Fone 3813-1499 / 3813-1586

 

 

Fonte: Milton Leitão

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1673 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2021 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções