Carregando aguarde...
Itapira, 05 de Agosto de 2020
Notícia
01/11/2011 | Sete guerrilheiros são mortos e três capturados nas eleições regionais da Colômbia

As eleições regionais na Colômbia ocorreram ontem (30) em clima de tensão e apreensão. Sete guerrilheiros das Forças Revolucionárias da Colômbia (Farc) foram mortos em combates por militares do Exército. Os colombianos foram às urnas para escolher 32 governadores e 1.102 prefeitos, além de 418 deputados, 12.063 conselheiros municipais e 4.627 representantes de bairros.

Na tentativa de garantir a ordem e a tranquilidade, aproximadamente 330 mil policiais e soldados foram deslocados em todo o país. O ministro da Defesa, Juan Carlos Pinzón, confirmou que além dos sete mortos, três guerrilheiros foram presos, sendo que um deles ficou ferido. Segundo o ministro, as ações dos guerrilheiros demonstram “uma atitude ofensiva” das Farc em todo o país.

Para o comandante do Exército, general Sérgio Mantilla, os embates foram provocados porque houve informações de que integrantes das Farc “pretendiam desestabilizar” as eleições regionais na Colômbia. "Tivemos a informação que os bandidos queriam desestabilizar as eleições e as tropas neutralizaram o grupo", disse ele.

Uma das queixas da população da Colômbia é o temor causado pelos grupos armados que atuam no país e tentam manter influência na política nacional e regional. Apesar das mortes e prisões, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, disse que as eleições de ontem foram as “mais tranquilas” dos últimos quatro anos.

Fonte: Agência Brasil

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1167 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções