Carregando aguarde...
Itapira, 05 de Dezembro de 2021
Notícia
27/05/2016 | Violeiro Ivan Vilela apresenta-se em Piracicaba na segunda-feira

 Violeiro Ivan Vilela abre a 3ª Semana de Cultura Artística


O compositor, arranjador e instrumentista Ivan Vilela, conhecido pelo trabalho solo com a viola caipira, apresenta-se em Piracicaba nesta segunda-feira, 30, no Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes. Ele faz a aula-espetáculo Música no Espaço Rural Brasileiro, às 20h, permeada por música, bate-papo, contação de causos e curiosidades. A atividade abre a 3ª Semana de Cultura Artística, evento realizado pela Cultura Artística até 3 de junho e que reúne música, artes plásticas, história e literatura, sempre com entrada gratuita.

Ivan Vilela dedica-se, há três décadas, à pesquisa sobre as manifestações da cultura popular em Minas Gerais e São Paulo. É professor da Escola de Comunicação e Artes da USP e dirige a Orquestra de Viola Caipira de São José dos Campos. Criou, dirigiu e foi arranjador da Orquestra Filarmônica de Violas por 10 anos e idealizou a ONG Núcleo da Cultura Caipira. É responsável pelo projeto de criação de um curso superior de música com metodologia brasileira de ensino, proposta inédita no país, concebida para a Universidade de Taubaté.

Realiza, desde 1996, concertos e conferências em países como Estados Unidos, Alemanha, Argentina, Bélgica, Espanha, França, Inglaterra, Itália e Portugal. Em disco autoral ou em conjunto com grupos foi indicado a importantes prêmios da música brasileira, como o Prêmio IBAC de Cultura Popular, Prêmio Rival-BR, Prêmio Sharp, Prêmio Movimento, Prêmio APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) e Medalha Carlos Gomes, da Prefeitura Municipal de Campinas. Em 2013 lançou na Alemanha, na Feira Internacional do Livro de Frankfurt, o livro Cantando a Própria História – Música Caipira e Enraizamento.

PROGRAMAÇÃO – A 3ª Semana de Cultura Artística segue até 3 de junho no Museu Prudente de Moraes: na terça-feira, 31, às 20h, tem o Coro Allegro Vocale, sob regência de Lucas Lopes. Na quinta, 2, às 19h30, membros do Centro Literário de Piracicaba (Clip) apresentam textos em painéis ou declamados. Na sexta-feira, 3, às 20h, o artista plástico Eduardo Borges de Araújo revisita a obra do pintor, desenhista e ilustrador Angelino Stella.

Na quarta-feira, 1º de junho, às 15h, a professora e historiadora Marly Therezinha Germano Perecin conduz o público à Escola Estadual Sud Mennucci, numa visita orientada a uma das mais antigas unidades da rede estadual de ensino, fundada em 1897 como Escola Complementar de Piracicaba, e depois denominada de Escola Normal. O prédio atual, na rua São João, 1.121, no Bairro Alto, foi inaugurado em 1917 e, desde então, funciona como escola estadual.

Presidente da Cultura Artística, Milton De Mori explica que a programação celebra os 91 anos da entidade, completados no dia 25, e marca o retorno da Cultura Artística à cena cultural da cidade. Antes da aula-espetáculo de Vilela, acontece uma rápida apresentação da diretoria e conselho fiscal ao público. “Pretendemos colocar a Cultura Artística no lugar de destaque, apoiando as mais distintas manifestações culturais. Piracicaba sempre foi conhecida como um celeiro cultural e o nosso trabalho é pela manutenção e o resgate dessa história”, diz De Mori.

HISTÓRIA – A Cultura Artística é a segunda mais antiga do Brasil. A entidade renovou o título de utilidade pública no CoMCult (Conselho Municipal de Política Cultural) e garantiu recursos da Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal da Ação Cultural. As atividades têm o apoio da Orquestra Sinfônica de Piracicaba, Manifesta Cerimonial, New Life Piracicaba Apart Hotel, Apap (Associação dos Artistas Plásticos de Piracicaba) e Associação dos ex-professores, ex-alunos e amigos da Escola Estadual Sud Mennucci.

Ao ser fundada em 1925, pelo professor e maestro espanhol Fabiano Lozano, a Cultura Artística tinha como objetivo o de promover recitais e eventos culturais. Graças ao trabalho da Cultura Artística, a cidade recebeu apresentações dos pianistas Magdalena Tagliaferro, Antonieta Rudge e Guiomar Novaes, dos maestros e compositores Villa-Lobos e Camargo Guarnieri, da cantora Bidu Sayão, além de Mário de Andrade, Coelho Neto, Martins Fontes e Guilherme de Almeida.

A atual diretoria da Cultura Artística, eleita para o biênio 2016-2018, é presidida por Milton De Mori e tem como vice-presidente Reinaldo Gerdes, tesoureiro Evoneo Berti Filho, secretário José Carlos de Moura, diretor de patrimônio Ednir Laerte Raymundo, e membros do conselho fiscal Monica da Silva Santana, Felipe Angeli da Silva e Evandro Donato Rinaldi.

SERVIÇO – 3ª Semana de Cultura Artística, de 30 de maio a 3 de junho, no Museu Prudente de Moraes (rua Santo Antônio, 641, Centro) e na Escola Estadual Sud Mennucci (rua São João, 1.121, Bairro Alto). Entrada gratuita. Informações: www.fb.com/culturaartistica2016.
 
 
Fonte: Da Redação do PCI

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1448 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2021 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções