Carregando aguarde...
Itapira, 13 de Agosto de 2022
Artigo
13/02/2014 | Humberto Butti: Os embalos de domingo na discoteca do Centrão

 

Quem nunca frequentou a discoteca do Centrão que levante a mão. Se essa pesquisa for feita entre aqueles que nasceram nas décadas de 50, 60, 70 e 80 vai ser difícil encontrar alguém com as mãos para o alto.

Eu vivi esse tempo mági­co. Frequentei a discoteca do Centrão em diversas épocas e não há como negar que foram anos dourados em minha vida.

Como era bom esperar pela noite do domingo e viver aquelas horas conta­giantes. Ouvir músicas da melhor qualidade, músicas de verdade, bem diferentes da porcaria que se ouve ou se é obrigado a ouvir nos dias atuais.

Aquele foi um tempo mágico, principalmente para que fez do Centrão seu lazer das noites de do­mingo. Eu vivi tudo isso em três épocas distintas, no início dos anos 80, no final da mesma década e, depois, no princípio dos anos 90.

Não há como deixar esquecidos em um canto da memória tempos tão felizes e momentos tão mágicos. Como era gostoso ficar ali, ouvindo os hits do momento que eram tocados, um a um, pelo trio formado pelos irmãos Zé e Paulinho Labegalini e pelo Luisão.

Um tempo mágico que não volta mais, mas que ficou guardado na memória de quem teve a oportunidade de viver toda essa magia. Quantos casamentos começaram ali, naquele lugar mágico, cheio de luzes e som.

Guardo na memória os amigos de cada época de minha passagem pela dis­coteca do Centrão. Muitos deles presentes nas três fases, como o Rochinha e o Rosinha, amigos inse­paráveis e apreciadores de tudo que é bom.

Como seria bom poder voltar àquele tempo. Che­gar na porta do Centrão e ver a Idalina ali, parada, aguardando para conferir a carteirinha de cada um ou encontrar o ‘seo’ Paulinho Luvizetto, uma lenda viva na história do Centrão.

Daria tudo para sentir novamente a magia daque­le lugar. Encostar no balcão do bar, ao lado do Ronalde Soares, do Di Canguru, do Bolão, do Dênis Rocha e de tantos amigos que ficaram pelo caminho ou sumiram por esse mundo afora.

Como seria bom reviver aquele tempo. Um tempo em que a noite do domin­go era reservada para a discoteca do Centrão. Te­nho guardada na mente as músicas verdadeiras de discoteca e o ambiente sadio e saudável.

Sou desse tempo. Um tempo em que ter um som no carro era equipar o mes­mo com um tape TKR ou Road Star, que eram o que havia de melhor. Muito diferente de hoje, tem­pos em que quem equipa o carro coloca o som do lado de fora e sai pelas ruas com o volume aos berros, evidenciando o mau gosto musical do proprietário do veículo, sem ser molestado pelos homens de farda.

Às vezes, quando o sono vai embora e os olhos se­cam, me pego divagando por esse tempo, que mar­cou a vida de quem teve o privilégio de vivê-lo, e que me traz nostalgia, saudade e prazer, principalmente prazer de ter vivenciado tudo isso.

Sinto que minha cabeça roda no embalo das músicas e das luzes. Meu pensa­mento voa velozmente e, como se penetrasse em um túnel do tempo, me remete aos bons tempos dos embalos de domingo.

Sou um saudosista inve­terado, gosto de relembrar bons momentos de minha vida e dividir tudo isso com quem teve a oportunidade de viver todos aqueles mo­mentos. Às vezes, em meio aos meus devaneios, chego a pensar se existe alguém que, como eu, derrube lágrimas de saudade desse tempo que não volta mais.

O Centrão fez e faz par­te da vida de milhares de pessoas. Marcou a ado­lescência, a juventude e a vida de quem freqüentou suas discotecas.

Não vou me esquecer nunca desse tempo mágico, das músicas que até hoje curto e tenho orgulho de dizer que são as minhas prediletas ou de tantos momentos inesquecíveis. E tenho plena certeza que quem pisou naquele lugar vai relembrar de cada se­gundo vivido ali.

Fonte: Humberto Butti

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de Humberto Butti
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1073 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2022 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções