Carregando aguarde...
Itapira, 13 de Agosto de 2022
Artigo
06/09/2012 | Letícia Marcati: Perder o encanto, jamais!

Nasci e cresci em Itapira, mas nunca dei valor a isso. Simplesmente acostumei-me com a vida daqui e nunca parei para pensar na tranquilidade que a minha pequena cidade me oferecia. Nem reparei nas suas riquezas naturais, como deveria. Desfrutei de uma rica infância: brinquei na rua, nadei no rio, corri na chuva. Pude até chupar grãos de café no pé, não temia a violência, sentava na calçada, de vez em quando, altas horas da madrugada com minha vizinha e grande amiga, para comer salgadinhos e beber coca-cola. Como foi bom ter crescido aqui!

Durante a infância um dos meus maiores sonhos era poder montar em minha bicicleta cor de rosa e sair pedalando, pedalando... Queria sentir-me livre, dona de mim, capaz de me transportar. Como não podia fazê-lo, contentava-me com a rua de casa.
Até que cresci! Sem notar, as minhas ideias e objetivos foram mudando. Meus sonhos também. Minha bicicleta não era mais rosa. E aquela história de sair pedalando sem destino ficou para trás.
 
Há pouco tempo comecei a pedalar pelas estradas de terra de minha cidade. Em um desses passeios, enquanto admirava a vista, lembrei-me da bicicleta rosa! Algo começou a mudar em mim. Consegui sentir-me criança. Livre! Dona dos meus atos, capaz de me transportar com os meus próprios esforços. Puxa! Como essa sensação foi divertida! O que era para ser esporte virou brincadeira, ganhou aventura e paixão.
 
O cheiro de mato, as vistas, os animais passaram a tornar meus passeios, grandes espetáculos! Vejo tucanos, macacos, seriemas e alguns bichos que desconheço. Ultimamente, eu e meu companheiro fiel nos passeios - e na vida - investimos no desconhecido. Quantas surpresas! Do meio do canavial fomos parar em um dos lugares mais lindos que já vi. Nadamos no rio. A água estava um gelo! Mas que delícia! Parecia que meu coração pararia de bater a qualquer momento, de tanto frio. Ao contrario, ele batia mais. La estava eu no meio da natureza que me gerou, sentindo-me renovada. Vi-me como uma pessoa melhor! Voltei desse passeio mais leve! Felicidade é o nome dessa sensação.
 
Quando me deparo com lugares lindos em minha cidade, penso, será que todos os itapirenses conhecem ou será que muitos fazem como eu fazia até bem pouco tempo, ficando só com os meus cantinhos. Conhecer melhor o lugar que nasci influenciou a minha vida. Antes me mantinha fixa na ideia de que aqui era uma cidade pequena e tediosa, sem lugares para sair e isso não me deixava satisfeita. Hoje me orgulho em morar em um lugar sem muito transito, cercado por natureza, com pouca poluição, onde eu tenho identidade e família.
 
É comum nos acostumarmos com as paisagens que assistimos com muita frequência, com cheiros, caminhos e sons cotidianos. Por mais maravilhosas que as coisas sejam, com a repetição, geralmente, nos acostumamos e elas tornam-se normais. Deixamos de ter um olhar romântico. Encantamo-nos menos.
 
Hoje penso que precisamos insistir nas belezas das coisas e dos seres que estão perto da gente. Poderíamos acostumar a ser romântico e enxergar sempre o belo. A ousar e filosofar mais.
 
É fantástico olhar pela janela, todos os dias, e encantar-se com o que a gente vê. Admirar-se com a água em curso no rio e com o cheiro que brota desse movimento. Se deliciar com o vento que avisa a chegada de uma boa chuva! Esperar por aqueles dias em que a lua rouba a cena, só para ser admirada! E quando o sol se põe no horizonte, alaranjando o céu... Suspirar!
 
Que bom viver para participar de todos os shows da vida! Poder enxergar ou sentir tudo e dar valor às coisas que nos rodeia. Achar belo e se emocionar, acostumados ou não.
 
Fonte: Letícia Marcati

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de Letícia Marcati
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1348 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2022 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções