Carregando aguarde...
Itapira, 21 de Junho de 2024
Artigo
06/03/2014 | Luiz Santos: Deus Soberano

“Pois dele, por ele e para ele são todas as coisas. A ele seja a glória para sempre! Amém” (Rm 11.36).

Deus é soberano! Contudo a sua soberania, de seus atributos, é a que mais sofreu e sofre ataques. Desde a queda de Lúcifer, a queda de Adão, o homicídio de Abel, de lá pra cá, a soberania de Deus nunca deixou de ser ofendida, atacada, distorcida, diminuída e relativizada. Satanás engendra por meio da mentira e da ilusão na mente e no coração dos homens a dúvida ou a distorção sobre a soberania de Deus.

Entendemos por soberania, a partir da Revelação Bíblica, o livre exercício da autoridade de Deus na execução e administração de seus eternos propósitos. Deus tem de ser soberano, se ele realmente é Deus. Um deus não soberano, não é Deus em nenhum sentido. Nisto consiste a diferença entre o Deus da Bíblia e os deuses da mitologia e das religiões.

Tanto na mitologia quanto nas religiões, os deuses agem por condicionamento, em certas circunstâncias, podem ser corrompidos ou bajulados e são suscetíveis ao querer e aos desejos humanos. Embora pareçam no controle, na verdade, outras coisas não fazem do que atender aos caprichos humanos.

As Escrituras proclamam para que todos ouçam: “Deus Reina” (Sl 93.1), Ele é o Senhor soberano dos céus e da terra, cuja suprema autoridade está sobre todos. Tudo pertence a Ele: “Do Senhor é a terra e tudo o que nela existe, o mundo e os que nele vivem” (Sl 24.1). Seus intentos não podem ser frustrados: “Sei que podes fazer todas as coisas; nenhum dos teus planos pode ser frustrado” (Jó 422).

Nada resiste ao seu poder: “Grande é o nosso Soberano e tremendo é o seu poder; é impossível medir o seu entendimento. Quem poderá descrever os feitos poderosos do Senhor, ou declarar todo o louvor que lhe é devido?” (Sl 106.2). É o Senhor da história:Ele muda as épocas e as estações; destrona reis e os estabelece. Dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos que sabem discernir” (Dn 2.21); "Eu sou o Alfa e o Ômega", diz o Senhor Deus, ‘o que é, o que era e o que há de vir’, o Todo-poderoso" (Ap 1.8).

Não deve coisa alguma, nem Graça, nem misericórdia:E então, que diremos? Acaso Deus é injusto? De maneira nenhuma! Pois ele diz a Moisés: ‘Terei misericórdia de quem eu quiser ter misericórdia e terei compaixão de quem eu quiser ter compaixão’. Portanto, isso não depende do desejo ou do esforço humano, mas da misericórdia de Deus. Pois a Escritura diz ao faraó: ‘Eu o levantei exatamente com este propósito: mostrar em você o meu poder, e para que o meu nome seja proclamado em toda a terra’. Portanto, Deus tem misericórdia de quem ele quer, e endurece a quem ele quer (Rm 9.14-18).

Mesmo Satanás não pode tentar-nos acima de nossas forças:Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele lhes providenciará um escape, para que o possam suportar” (1 Co 10.13); e não pode ir além do que Deus lhe permite:O Senhor disse a Satanás: ‘Pois bem, tudo o que ele possui está nas suas mãos; apenas não encoste um dedo nele’. Então Satanás saiu da presença do Senhor... O Senhor disse a Satanás: Pois bem, ele está nas suas mãos; apenas poupe a vida dele" (Jó 2:6). Ele é Deus, põe limites até mesmo a ação do Diabo.

A Bíblia é clara quando ensina esta maravilhosa verdade sobre Deus. Ele não pode ser intimidado. Ele não pode ser levianamente desobedecido sem que puna o transgressor. Ele não pode ser vencido, não pode ser comprado, corrompido, bajulado. Não faz barganha, não pode ser subornado uma vez que nada temos a oferecer-lhe, pois tudo lhe pertence.  

Como servir e agradar a um Deus assim? Tudo o que Deus requer de nós é fé. Isto é, confiarmo-nos a Ele e n’Ele sem reservas. Crer que Ele realiza o que promete porque nada lhe é impossível. Que entrega o que oferece, pois não pode mentir, nem trair a si mesmo. Que nunca falha ou tarda. É mentiroso o ditado: “Deus tarda, mas não falha.” Ele não conhece limitações. O tempo para Ele não é.

Fé implica também obedecer-lhe em amor. Pois, obediência por obediência, vimos que nem Satanás resiste a Ele. Mas o diabo não pode e não quer amá-lo. A obediência de nós requerida é uma obediência com base no reconhecimento, na gratidão e no amor. Seríamos bem mais felizes, bem menos ansiosos, muito mais livres e menos dependentes de falsas seguranças se conhecêssemos e descançássemos na soberania de Deus.

Reverendo Luiz Fernando

Pastor da Igreja Presbiteriana Central de Itapira

Fonte: Luiz Santos

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de Luiz Santos
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

899 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2024 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções