Carregando aguarde...
Itapira, 21 de Junho de 2024
Artigo
28/11/2012 | Luiz Santos: Encerramento do Ano Eclesiástico

 “Deem graças ao Senhor, porque ele é bom. O seu amor dura para sempre!” (Sl 136.1).

O ano eclesiástico não acompanha o ano civil. São dois os parâmetros que limitam o ano eclesiástico: 1. O início da Estação Litúrgica do Advento; 2. A Convocatória para a Reunião Extraordinária do Presbitério. No próximo domingo iniciaremos o tempo do Advento e com a Assembleia Geral Ordinária concluímos e apresentamos os relatórios dos trabalhos realizados pela e na Igreja no ano de 2012. Nos dois casos somos convidados a fazermos uma retrospectiva da caminhada eclesial e assim em ações de graças celebrar a fidelidade de Deus para conosco e ao mesmo tempo olharmos para o futuro com esperança, confiança e dependência de que a fidelidade do Senhor dura para sempre.

No primeiro parâmetro, o tempo do Advento, olhamos para as promessas Bíblicas sobre o Messias, sobre o esmagador da cabeça da serpente, sobre o príncipe da Paz, o Emanuel e constatamos o seu cumprimento na vinda do Salvador Jesus. Investigamos todas as profecias e promessas de Gênesis a Malaquias e as vemos plenamente realizadas: O ramo do tronco de Jessé, uma virgem que dá a luz a um menino, de Belém surge aquele que tem origens eternas, etc. O Advento nos ajuda a sermos ainda mais biblicamente gratos a Deus que com fidelidade invencível cumpriu o que  prometeu e assim, podemos olhar sem medos para o futuro, por que Deus é o mesmo e em Cristo prometeu estar conosco até a consumação dos séculos.

No segundo parâmetro, a retrospectiva do ano eclesiástico no ajuda a enxergar os cuidados paternais do Senhor para com as nossa igreja. No Campo das finanças Deus derramou copiosas bençãos sobre o seu povo que aqui congrega. A fidelidade dos dízimos e a largueza dos corações nas ofertas permitiram não só honrarmos nossos compromissos, mas ainda proporcionar muitas ocasiões de estudos, treinamentos, iniciativas ministeriais, sociais e culturais para a comunidade.

No campo ministerial 2012 foi muito profícuo: Vidas restauradas e consertadas com Deus, profissões de fé e batismos, arrolamentos por transferências e a pedidos, casamentos, o aumento significativo do rol do berço, o inimaginável alcance da Rádio e TV Web e também do blog. O Nosso boletim que chega ao Norte da África e está sendo traduzido e utilizado por missionários que nem conhecemos. A inserção da IPCI na Rede Social de Itapira, nos Conselhos Municipais e o efetivo engajamento em causas sociais e de políticas públicas são sinais do aumento de nossa consciência profética. A penetração gradual, porém perseverante no Tonolli através do Centro Missionário dos Prados e a criação do Instituto Samaritano também nos enchem de santa alegria. É a Igreja cumprindo sua missão de evangelizar os pobres.

No campo da comunhão a Igreja está em paz. Isto não quer dizer que ela não tenha problemas e lutas. Absolutamente. Mas, está em paz. As diferenças são tratadas com respeito. A diversidade de pensamento é acolhida como uma riqueza. As críticas nos ajudam a rever constantemente nosso procedimento. Estamos aprendendo a carregar os fardos uns dos outros e assim cumprir a lei de Cristo que é o amor. Amor na dimensão da cruz, mas amor. As sociedades cumprem bem o seu papel como forças de integração, discipulado criativo e testemunho do Evangelho dentro e fora da Igreja. Muitos de nossos membros, mormente as mulheres, estão na liderança de instâncias superiores em suas sociedades.

Vemos em tudo isso a bondade do Senhor para conosco, ora nos desafiando, ora nos envergonhando quando negligentes, ora nos levando ao encontro das demandas de interesse d’Ele, mas sempre nos capacitando. Capacitando-nos pelas Escrituras, por sua graça sem medida, pela atuação poderosa do Espírito Santo, pelo intercâmbio e a complementariedade de seus dons pelos quais orna a cada irmão e com os quais enriquece sobejamente a nossa Igreja. Por tudo isso nos humilhamos, e reverentes  agradecemos a Deus que quis servir-se de nós em 2012 para alargar as tendas do Reino. Por isso mesmo, não temos motivos justiçáveis para temer 2013.

O Cabeça, Chefe e Dono da Igreja, o Senhor Jesus continuará levantado homens, mulheres, jovens, crianças, meios e recursos para que os seus discípulos cumpram o que Ele mesmo nos comissionou.  No domingo iniciaremos um novo ano eclesiástico e litúrgico com gratidão pelo que vivemos e com indestrutível esperança de que no final de tudo seremos mais que vencedores.

Soli Deo Gloria!

Rev. Luiz Fernando Dos Santos

Pastor Mestre da Igreja Presbiteriana Central de Itapira

Fonte: Luiz Santos

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de Luiz Santos
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

900 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2024 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções