Carregando aguarde...
Itapira, 18 de Junho de 2024
Artigo
31/12/2012 | Luiz Santos: Quis Novum

 “Todos os caminhos do homem lhe parecem puros, mas o Senhor avalia o Espírito” (Pv 16.2).

 

Antigamente, quando alguém se apresentava a uma banca deexame doutoral, o presidente da banca lançava uma pergunta em latim: “Quis novum”, ou seja, o que há de novo? Qual a novidade desta tese? Penso que a pergunta cai bem também aqui, nesta pastoral às portas de recebermos de Deus mais um ano novo. Qual seria a grande novidade escondida nos 365 dias de 2013? Que coisas ele gesta nas entranhas dos dias, horas, minutos e etc.? Não saberia responder com exatidão a este questionamento, não sou vidente nem faço exercícios de futurologia, mas nem por isso me vejo perdido e confuso e penso que você não deveria ficar.

A Primeira novidade de 2013 é que Deus estará presente, não como sempre esteve, mas presente de uma maneira nova, surpreendente, inaudita. Não, não significa que Deus vai mudar em 2013, significa antes, que as suas misericórdias sempre se renovam, que seus paternais cuidados de alguma maneira se “acomodam” às nossas novas necessidades. Alguns de nós estamos deixando a juventude para trás, outros atravessam os umbrais da terceira idade, alguns casais se tornam família com a chegada do primeiro filho, algumas famílias aumentam, se multiplicam, mas também se dividem e alguns casais agora se veem com os ninhos vazios. Antes, o que era dois, ficou só com a partida do companheiro para a eternidade. O que era são, está agora enfermo e o que esbanjava vida, agora luta contra a morte. Nestes novos contextos, Deus também “inova” o modo de lidar e tratar conosco, e será um tempo novo de experimentar de maneira nova, surpreendente, este amor cuidadoso do Senhor.

A outra novidade de 2013 é que são dias que nunca vivemos antes, que trazem consigo oportunidades que nunca tivemos antes e que nos asseguram que o vivemos e ou desperdiçamos em 2012 também nunca mais voltará. Portanto, não podemos viver na superfície da vida, devemos acolher cada dia de 2013 como uma oportunidade que não se repetirá, uma chance que não será dada outra vez e, assim, seguirmos o conselho do apóstolo Paulo: “Enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos...” (Gl 6.10) e “Aproveitem ao máximo cada oportunidade porque os dias são maus. Portanto, não sejam insensatos, mas procurem compreender qual é a vontade de Deus.” (Ef 5. 16,17). Aqui está a senha para uma vida intensa em 2013: Procurar discernir, conhecer, compreender a vontade de Deus.

Perdemos muito tempo tentando impor a nossa vontade, gastamos muita energia tentando abrir portas que estão fechadas para nós, nos esgotamos percorrendo os labirintos de nossos desejos que tentam em vão encontrar a saída para felicidade. E por isso mesmo, não saboreamos a vida, não vivemos com profundidade e intensidade, mas sempre instáveis, insatisfeitos, pulando de uma situação para outra, nunca fincando raízes profundas que produzam flores perfumosas e frutos doces de paz, realização e felicidade.

2013 nos presenteará com 365 oportunidades para buscar a vontade de Deus e colocá-la em prática em nossas vidas. Em se tratando de vida cristã, teremos 52 domingos para a adoração na comunhão dos santos, datas festivas e solenidades para aprofundar a nossa alegria e a nossa gratidão para com o Senhor da história. Teremos a oportunidade de nos alegrarmos com os que se alegram e chorar com os que choram. Acolheremos com festa os filhos que Deus nos enviar e nos despediremos com gratidão no coração daqueles que Ele recolher. Todos estes momentos da vida vivida na Igreja serão importantes, necessárias para ensinar-nos a ouvir a voz de Deus e enxergar os seus sinais nesta caminhada durante o ano de 2013. Mas, nada, coisa alguma poderá substituir a surpreendente experiência da novidade de vida que eu e você somos chamados a viver e a fazer dentro do nosso cotidiano.

Um ano só é realmente novo quando aprendemos a fazer novas todas as coisas que sempre fazemos. Não uma simples mudança de enfoque, técnica ou objetivos. Mas a mudança do coração que entrega o controle da vida e se abre aos impulsos, orientações e sugestões do Espírito Santo, Senhor que dá a vida e que transforma o “Cronos” implacável deus do tempo que a tudo devora, em “Kairós”, tempo grávido da presença de Deus, tempo de Graça e de Paz!

“Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá.” (Sl 37.5).

Assim se faz novo um novo ano.

Feliz 2013 a todos que amam o Senhor Jesus e tempos de paz e prosperidade a todos os homens de boa vontade!

                                Reverendo Luiz Fernando dos Santos

Pastor da Igreja Presbiteriana Central de Itapira

Fonte: Luiz Santos

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de Luiz Santos
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

942 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2024 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções