Carregando aguarde...
Itapira, 10 de Agosto de 2022
Artigo
22/02/2015 | Valeria Vassoler: Cruzar as pernas prejudica a circulação?

Varizes são veias dilatadas e deformadas, de coloração púrpuro-azulada, que surgem ao longo das pernas e podem causar dor e inchaço. Sua ocorrência é mais comum em pessoas que necessitam ficar em pé por longos períodos.

As veias das pernas, que reconduzem o sangue ao coração após ter irrigado os membros inferio­res, possuem válvulas cuja finalidade é impedir o retorno do sangue aos pés pela ação da gravidade. Às vezes, essas válvulas não funcionam com eficiência e o sangue empoça nas veias provocando deformação, inchaço e alterações na sensibilidade da pele.

Nas mulheres, durante a menstruação e na gravidez, principalmente, os sintomas tendem a piorar.

Episódios de maior gravidade podem ocorrer tanto por dilatação das veias profundas quanto das superficiais. Nesses casos de insuficiência venosa, podem surgir edema persistente nos pés, úlceras nas pernas e alterações na pigmentação da pele.

Tratamento

Varizes superficiais podem ser facilmente reconhecidas observando-se a pessoa em pé. O tratamento mais comum é a remoção cirúrgica das veias comprometidas. O cirurgião faz diversas incisões, retira as veias afetadas e protege a(s) perna(s) com bandagens. O procedimento cirúrgico é rápido, o tempo de hospitalização é curto e a recuperação em casa pode durar algumas semanas.

Nos casos de varizes superficiais, é possível injetar drogas para necrosar as veias a fim de que não mais conduzam sangue. Esse procedimento requer normalmente duas ou três aplicações, mas não é indicado para o tratamento de varizes maiores nem para aquelas localizadas em veias profundas.

Seja qual for o tratamento adotado, é recomendável caminhar diariamente para estimular a circulação do sangue e o crescimento de novos vasos saudáveis.

Recomendações

Varizes não costumam provocar complicações mais graves. Nos casos mais sérios, entretanto, para evitar dores, inchaço e problemas de pele, alguns cuidados devem ser tomados:

* Evite ficar de pé, parado na mesma posição, por muito tempo. Se for obrigado a fazê-lo, procure movimentar-se. Isso faz com que os músculos das pernas ajudem o sangue a circular;

* Diversas vezes por dia, procure elevar as pernas acima do nível do coração por alguns minutos para facilitar o retorno do sangue para o centro do corpo;

* Lembre-se de que é muito importante usar meias elásticas. Os resultados serão melhores ainda se você as calçar logo cedo, antes de levantar da cama;

* Ande a pé. Caminhar é fundamental para prevenir varizes.

Advertência

Ferir uma veia com varizes pode provocar sangramento abundante. Nesse caso, deite-se imedia­tamente e eleve a perna ferida. Comprima o ferimento com uma toalha limpa até que o sangramento estanque. Em seguida, lave com água corrente e sabão e proteja a área com um curativo compressivo.

As varizes predispõem as pessoas à flebite, inflamação dolorosa das veias. Coágulos de sangue podem formar-se nas veias afetadas. Quando um deles se instala numa veia profunda, existe a pos­sibilidade de que um fragmento se desprenda e, deslocando-se pela circulação venosa, alcance o pulmão. Na ocorrência de qualquer inflamação dolorida, acompanhada ou não de endurecimento da área, em uma ou em ambas as pernas, que não desapareça com sua elevação, não perca tempo e procure um médico imediatamente.

No caso de dor intensa e contínua, procure um médico imediatamente.

Sentar com uma perna cruzada sobre a outra causa problemas circulatórios?

“Ao contrário da crença popular”, isso não causa problemas vasculares, ainda mais varizes, disse o Dr. Darren B. Schneider, diretor de cirurgia vascular e endovascular do Centro Médico NewYork­-Presbyterian/Weill Cornell.

Na verdade, segundo Schneider, a maioria das veias com varizes é provocada por um problema intrínseco das veias, caracterizado pelo enfraquecimento de suas paredes e pela deficiência das válvulas que controlam o fluxo sanguíneo.

Provavelmente, a genética tem muito mais a ver com o aparecimento de veias varicosas do que a posição sentada, disse Schneider. Ainda de acordo com ele, “a pessoa tem um risco maior de tê-las se outros familiares também as tiverem”.

Qualquer coisa que aumente a pressão nas veias combinada ao problema existente provoca acumulo de sangue e inchaço das paredes das veias induzindo às varicosidades.

Fatores que causem a elevação crônica da pressão dentro das veias no abdome e nas extremi­dades inferiores também podem agravar os sintomas.

“É por isso que a gravidez, obesidade e ficar em pé durante longos períodos de tempo estão ligados ao aparecimento de veias varicosas”, explicou Schneider. Usar roupas justas ou sapatos altos também pode piorar a situação.

Segundo o médico, o exercício pode melhorar os sintomas porque as contrações musculares nos pernas ajudam a circulação.

Por fim, é verdade que um aneurisma ou a colocação de “stents” arteriais nas extremidades das pernas pode significar que o ato de sentar com as pernas cruzadas durante períodos longos pode causas problemas, alertou Schneider. Assim, as pessoas dentro desse grupo devem consultar um médico quanto aos riscos de cruzar as pernas.

Fonte: New York Times

Draúzio Varella

Fonte: Valeria Vassoler

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Outros artigos de Valeria Vassoler
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1608 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2022 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções