Carregando aguarde...
Itapira, 10 de Agosto de 2022
Notícia
26/07/2015 | Editoriais A Cidade: Brasil: mal das pernas ou mal de tudo?

Uma pesquisa divulgada nesta semana, que avaliou a economia de quarenta países, colocou os brasileiros entre os quatro públicos mais insatisfeitos. No ranking pessimista, o Brasil (87%) perdeu para o Líbano (89%), para a Ucrânia (94%) e para a Itália (88%). O detalhe desconcertante é que esses dois desses países estão em clima de guerra. O Líbano por conta das ações do Estado Islâmico e a Ucrânia pela ocupação das tropas russas e ação dos separatistas.

Depois que o governo admitiu a possibilidade de ter déficit nas contas públicas em 2015, dólar e juros dispararam, a bolsa zerou os ganhos e registrou perdas. Entre as moedas dos países emergentes, o real é o que apresenta maior desvalorização.

Segundo o IBGE, no mês de junho a taxa de desemprego chegou a 6,9%. Cerca de 1,7 milhão de pessoas estão desocupadas, que comparando com o mesmo período do ano passado o número cresceu 44,9%. O maior aumento registrado desde março de 2002.
 
Historicamente, quando a crise vaza por todos os cantos e se torna gravíssima, como é o caso do Brasil, o país sofre, mas consegue entrar nos trilhos corrigindo falhas históricas. Em geral, a recuperação é benéfica. Nessa semana houve um aceno da possibilidade de encontro dos ex-presidentes Fernando Henrique e Lula, com a participação da presidente Dilma. Pode parecer pouca coisa, mas dessa conversa pode sair o entendimento que o Brasil tanto espera.
Fonte: Editoriais A Cidade

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

991 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2022 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções