Carregando aguarde...
Itapira, 18 de Agosto de 2022
Notícia
30/08/2015 | Secretaria da Saúde otimiza recursos, amplia serviços e oferece mais conforto para transporte de pacientes

 Buscando otimizar os recursos financeiros disponíveis e ao mesmo tempo oferecer mais conforto para pacientes que buscam tratamento fora do município, a Secretaria Municipal de Saúde está ampliando o sistema TFD – Transporte Fora do Domicílio. Através dele, os pacientes e seus familiares podem optar por usar seus próprios veículos para seguir aos hospitais e clínicas indicados, com maior flexibilidade de horários e com individualidade no deslocamento. Utilizando o TFD, os pacientes são reembolsados em seguida pela Secretaria pelos gastos que tiveram.

            A Secretaria de Saúde vinha utilizando preferencialmente o serviço de transporte terceirizado ou o deslocamento com ambulâncias e outros veículos da sua frota. Entretanto, o custo por passageiro, nestes casos, pode ficar extremamente alto, uma vez que as viagens, no caso de ônibus e vans contratados, é cobrada por quilometragem, qualquer que seja o número de pessoas embarcadas. No caso de veículos próprios, deve-se considerar como custos acessórios os valores pagos ao motorista a título de diária e, se for o caso, também de horas extras. “Optando por se dirigir ao local de tratamento com seu próprio veículo, o paciente e seus familiares podem escolher horários de ida e de retorno, bem como terão mais conforto”, informou a secretária de Saúde, Rosa Iamarino. Ela lembrou que para obter o reembolso é necessário receber autorização prévia da Secretaria e, no retorno, apresentar os comprovantes de gastos, que devem se enquadrar em uma tabela de valores já definida pelo município para cada cidade.

O TFD está disponível para as cidades de Ribeirão Preto, Jaú, Américo Brasiliense e Sumaré. Caso o paciente não tenha veículo próprio, a Secretaria de Saúde providenciará o transporte. Para as cidades de Mogi Mirim, Mogi Guaçu, Campinas, São João da Boa Vista, Divinolândia e São Paulo as opções são o serviço terceirizado com ônibus e vans e a frota própria do município. Além destas opções, para todos os municípios ainda pode ser utilizado o passe-saúde, que é entregue aos pacientes e seus acompanhantes, quando necessário, e que permite a viagem através de linhas regulares de ônibus.

A secretária da Saúde, Rosa Iamarino, lembra que de janeiro a abril deste ano, conforme dados que fazem parte da prestação de contas quadrimestral da Saúde, foram feitas 1257 viagens terceirizadas, o que significou o transporte de 10786 pacientes. Com veículos próprios da Secretaria foram feitas 1114 viagens, o equivalente a 2222 pacientes transportados. No total, foram 201874 quilômetros rodados. Além disso, são entregues cerca de dois mil passes-saúde por mês.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa PMI

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1333 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2022 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções