Carregando aguarde...
Itapira, 20 de Outubro de 2020
Notícia
19/03/2015 | Barretto soube transmitir bons valores

Zezé e Mauro sempre marcaram presença nos principais eventos esportivos da cidade 

 

 

Ela não foi sua aluna, nem teve sua influência para seguir na carreira, mas sabe o valor e a contribuição que José de Oliveira Barretto Sobrinho deu como professor de Educação Física no tempo do antigo IEEESO (Instituto de Educação Estadual Elvira Santos Oliveira). Como companheira de trabalho por mais de cinco anos, Maria José Ricciluca Bueno Gomes Ferreira, a Zezé, conviveu com ele e conheceu de perto suas virtudes.

Formada em Educação Física pela USP (Universidade de São Paulo) na turma de 68, Zezé integrou-se ao corpo docente do ESO em 80, quando retornou a Itapira e ocupou o lugar deixado por Evelina Martellini Jacob, que havia substituído a lendária professora Maria Aparecida Andrade Pires Nogueira. “Fui professora da escola por 11 anos, até 92, e convivi com o Barretto por mais de cinco anos”, recorda. “Ele sempre foi muito correto em suas atitudes e soube como transmitir valores aos alunos”.

Zezé foi a responsável pela implantação do handebol feminino na escola, formando equipes vencedoras em âmbito estadual. “Muitas meninas eram federadas em basquete e não podiam defender a escola nos campeonatos colegiais, então decidi implantar o handebol para que elas pudessem jogar pela escola”, frisa. “Mas não foi só no handebol que conquistamos bons resultados, outras modalidades também se destacaram naquele período”.
 
Para a professora aposentada, que hoje cuida de seu comércio de roupas nas cercanias da José Bonifácio, Barretto teve muitos méritos, não só na formação de atletas como na criação de métodos escolares. “Ele criou seu próprio jeito de ensinar, implantou seus ideiais, criou a olimpíada interna e revelou muitos atletas e professores”, elogia. “Tivemos uma boa convivência nesse período”.
 
Zezé faz questão de lembrar do marido Mauro Gomes Ferreira, falecido há três anos, que também foi professor de Educação Física. “O Mauro foi o atleta mais eficiente da primeira olimpíada criada pelo Barretto”, explica. “E, quando precisou viajar para o exterior, o Barretto chamou o Mauro para ficar no seu lugar”.
 
 
 
 Em 99, reconhecimento pelo trabalho em prol do esporte
Fonte: Da Redação do PCI

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1776 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2020 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções