Carregando aguarde...
Itapira, 16 de Dezembro de 2019
Notícia
04/03/2015 | Dropes nº 386

Normal Era esperada, para esta terça-feira, uma sessão mais agitada na Câmara Municipal. A agitação, segundo os oposicionistas, estaria ligada ao entrevero e empurrões que envolveram o vereador Marquinhos e o Secretário Fifo.

Compromisso Marquinhos pediu licença não remunerada, para tratar de assuntos particulares. A ausência chegou criar desconfiança em algumas pessoas presentes, mas logo o assunto foi esclarecido pelo vereador Juliano Feliciano: “Não sei exatamente que compromisso era, mas garanto que não tem nada a ver com o PRB. Sei que já estava agendado. Ele não conseguiu alterar”

Comparação O pequeno expediente foi aberto pelo Dr. Rafael que fez comparações entre os números de casos de dengue confirmados em Campinas, no ano passado, com o número de casos confirmados em Itapira este ano. Terminou o raciocínio dizendo que o prefeito Paganini e a secretária Rosa Iamarino estavam oferecendo à Itapira o posto de cidade com maior incidência da doença.

Confusão Campinas registrou no ano passado 42.664 casos, uma incidência de 3.726,6 a cada 100 mil habitantes. Com esse dado, Rafael estabeleceu que 3,7% da população de Campinas tinham sido atingidas. Como Itapira teve 2.928 casos confirmados até agora, ele dividiu esse número pela população e chegou ao índice de 4,2%. Logo, com essa taxa, Itapira já superava Campinas tornando-se a campeã no quesito. O termo a cada 100 mil habitantes é usado para facilitar as comparações e o número que indica epidemia é 300 (cidades com até 100 mil habitantes), logo, nesse contexto, o importante é tentar salvar vidas, é tentar reduzir a espectativa de mortes.

O doutor, errou. Da maneira como o vereador ortopedista colocou o raciocínio, é provável que algumas pessoas possam ter acreditado na história sem antes refletir.

Sem pé ... Não tem o menor sentido, do ponto de vista estatístico, fazer comparações com períodos e anos diferentes. Os números de Campinas são de 2014 e os de Itapira, janeiro e fevereiro de 2015. O vírus sofre mutações e não age igualitariamente em todos os municípios.

Nem cabeça. Outro erro do vereador Rafael foi comparar índices calculados de forma diferente. No caso de Campinas, ele converteu a incidência para cada 100 mil habitantes (que é o índice preconizado pelo Ministério da Saúde para as epidemias) em percentual. Parece ser a mesma coisa, mas não é. O índice de Itapira continua sendo 2928 para cada 100 mil habitantes.

Mais cuidado Logo, dizer que os números de Itapira são altos é uma coisa, dizer que são os maiores do Brasil é completamente diferente. O bom senso recomenda cautela e esperar o futuro para fazer comparações, antes de colocar em dúvida o trabalho dos agentes de saúde, que além de enfrentar as diversidades no dia a dia, as intolerâncias e ações ignorantes por parte de alguns moradores, recebem críticas como se o trabalho deles não estivesse sendo bem executados.

EPTV O Dr Rafael não assistiu o Jornal da EPTV 2ª edição, se tivesse visto, certamente mudaria parte do discurso. Campinas é uma cidade grande, tem vários hospitais e postos de pronto atendimento. Os tempos de atendimento, nas últimas semanas, levam de 3h a 8h.

Só agora é que o município está se preparando para enfrentar a epidemia. Dado o volume de pessoas nos postos esperando por atendimento o dia todo, os números de lá também estão sendo contestados pela população e pela imprensa. Na verdade, há mais de 20 dias os dados não são atualizados.

Funciona O vereador Pedro Stringuetti, como médico que presta oito horas de serviço por dia na UBS da Vila Ilze informou aos demais vereadores que algumas semanas atrás a maioria dos atendimentos era dengue, hoje, os casos de dengue são minoria. “Estou dizendo isto para dizer aos senhores que o Serviço Municipal de Saúde funciona!”

Baixos e altos Quem ouviu as críticas do Dr. Rafael sobre os números da dengue que ele achava abaixo da realidade, na sessão desta terça-feira, deu a entender que os números estão altos demais. Ou não foi isso que ele quis dizer?

Fã é fã. Zé Branco ocupou a tribuna pela primeira vez, desde que assumiu a presidência da mesa, mas não foi para falar de propostas e muito menos sobre a epidemia. Foi prestar uma singela homenagem a José Rico, falecido nesta terça-feira, na cidade de Americana.

Companheiro Esclareceu que como ele nasceu na roça e na casa dele não tinha luz elétrica, usava-se lamparina, o rádio era o grande companheiro de onde recebia as notícias da cidade e ouvia as modas de viola.

Arapongas Declarou ser fã da dupla Milionário e José Rico e orgulha-se de possuir todas as músicas que os dois gravaram. Até o primeiro LP, com o nome de Arapongas do Brasil. Esse LP teve apenas 68 cópias, só depois disso é que eles se tornaram conhecidos no país inteiro e campeões de venda.

Na carreira Carlinhos Sartori parabenizou o prefeito, agradeceu ao deputado Barros Munhoz sobre a Ordem de Serviço que marca a construção de mais uma creche-escola no Bairro Flavio Zachi ocorrido na sexta-feira passada. Na sessão anterior, Carlinhos fez o mesmo em relação à creche do Barão. Na próxima terça-feira, certamente, ocupará a tribuna para falar de mais uma creche-escola: Parque Felicidade II.

Parâmetros convenientes Mauricio ocupou a tribuna para responder aos ataques do Dr. Rafael. Disse que a atual administração nunca teve medo em encarar a dengue, Itapira foi uma das primeiras cidades (talvez a primeira) a decretar estado de epidemia e tomar todas as providências decorrentes. Em off, comentou: “é engraçado como eles usam as palavras como conveniência. Primeiro diziam que retardamos (quando não havia parâmetros), depois é que nos apressamos em decretar a emergência.

Dado não é mais vice A cassação decretada pela Câmara por sete votos a três, terá nesta quarta-feira, 4, novo desdobramento. Será publicado o decreto legislativo oficializando que Dado Boretti não é mais o vice-prefeito de Itapira. Ainda, nesta mesma quarta, a informação será encaminhada ao cartório eleitoral. Dado tem afirmado que vai buscar na justiça a reparação.

Demérito? O líder do Prefeito José Natalino Paganini, na tentativa de consertar as palavras do colega, parabenizou a rede básica de saúde pelo trabalho e dedicação, todos engajados na luta. “Não posso admitir que médicos, todos os servidores, até os agentes que estão visitando casa por casa tenham da nossa parte qualquer demérito pelo trabalho que estão realizando.”

Mérito Citou a Secretária Rosa pelo exemplar gerenciamento da epidemia ao ponto de ser chamada à DRS de São João da Boa Vista, que coordena 20 cidades, levando a experiência de Itapira.

Juliano em Brasília Mostrando que vereador tem que ajudar o prefeito buscando recursos, desde que tenha prestígio para isso, na próxima terça-feira, Juliano Água Suco acompanhará o prefeito Paganini no encontro agendado com o atual Ministro dos Esportes, George Hilton do PRB. Na pauta, várias reinvindicações para Itapira.

Burrice? O boato que circulou no centro da cidade esta semana de que o secretário e vereador licenciado teria tido uma conversa com Manoel Marques pedindo-lhe conselhos políticos irritou profundamente Carlão Jamarino. “Só se eu fosse burro para trocar os conselhos do deputado Barros Munhoz e do Prefeito Paganini, dois vencedores, pelos de outro político que foi fragorosamente derrotado na última eleição.”

Coisa antiga Mas a irritação do Carlão não foi só pela tentativa de chamá-lo de burro, mas pela insistência da oposição itapirense em preservar a ideia de que adversários políticos não podem se cumprimentar, nem conversar, nem olhar para a cara do outro. “Eles não perceberam que esse tempo acabou. É coisa antiga, atrasada, eles querem continuar sendo oposição pelo resto da vida, imagino.”.

Pupilo Carlão trabalha como a hipótese de que um pupilo mal cheiroso do Manoel Marques foi usado por alguns opositores para propagar de forma distorcida uma conversa, rápida e respeitosa, mantida em local público, com o intuito de fragilizar a relação dele, Carlão, com o grupo. “Não foi a primeira vez que isso aconteceu, nem será a última. Eles apostam na nossa divisão. Não será dessa maneira que eles vão conseguir nos vencer. Essa atitude mostra que eles continuam desesperados.”, destacou Jamarino. 

 

Fonte: Da Redação do PCI

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
16/09/2015 - Dropes nº 415
09/09/2015 - Dropes nº 414
02/09/2015 - Dropes nº 413
30/08/2015 - Dropes nº 412
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

284 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2019 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções