Carregando aguarde...
Itapira, 15 de Junho de 2019
Notícia
01/02/2017 | Empresária Carmem Ruette recebe Cruz da Referência Nacional da ANCEC
Personalidades do teatro, como Antônio Fagundes, Bruno Fagundes, Nathalia Timberg, Wolf Maia, Fúlvio Stefanini e Bárbara Bruno receberam o Troféu Nelson Rodrigues, oferecido pela ANCEC -Agência Nacional de Cultura, Empreendedorismo e Comunicação, presidida pelo conde Thiago de Menezes, em cerimônia no Clube Piratininga, em São Paulo. Na mesma ocasião, foi entregue a comenda Cruz da Referencia Nacional a empresários de destaque e personalidades, entre elas a apresentadora Silvia Abravanel e a chef Cris Mota, ambas do SBT, e o maestro João Carlos Martins. Receberam a mesma condecoração a Dra. Eliana Passareli, procuradora geral do Estado de São Paulo assim como membros do corpo consular de São Paulo, como o presidente da ACONBRAS – Associação dos Cônsules no Brasil, Luís Fernando Del Valle, que é Cônsul Honorário do Chile em Campinas; o cônsul de São Vicente e Granadinas, Giuliano Vincenzo Locanto. a cônsul de São Cristóvão e Névis, Nádia Nair Locanto, e a Adido Consular de Chipre, a empresária Carmen Ruette.

Carmen Ruette (na foto com o conde Thiago de Menezes), recebeu essa homenagem da ANCEC, indicada pela FALASP – Federação das Academias de Letras e Artes do Estado de São Paulo, por sua atuação como Diretora Social da ACONBRAS, tendo atuado também como Adido Consular do Haiti. Poliglota, Carmen, além da esfera consular, pesquisa governança corporativa, sucessão e profissionalização em empresas familiares e ministra palestras sobre esses temas. Possui MBA em Marketing de serviços (USP), especialização em Marketing (PEC) pela Fundação Getúlio Vargas e especialização em Psicologia do Trabalho na Universidade de Sorbonne, em Paris e cursos realizados com Ben Shapiro, Al Ries, Regis McKenna, Philip Kotler e John Davis. Mas, tem no sangue familiar o gosto pelo mundo empresarial e as artes.

O Professor Antônio Celidônio Ruette, pai de Carmen, também empresário e bacharel em direito, seguiu durante anos as pegadas do pai na Educação, o inesquecível mestre Antonio Ruete (que deixou uma legião de admiradores e alunos notáveis em Jaboticabal e região) sendo professor, diretor e inspetor de ensino público estadual nas Escolas Estaduais paulistas de Viradouro, Pintangueira, Guaíra, Oswaldo Cruz, Cafelândia, Pirajuí, Jaú, Bragança Paulista, Atibaia, Itapira e São Paulo. Natural de Araras, SP, é diplomado em Letras Clássicas e Orientação Educacional, pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. A mãe de Carmen, Maria de Lourdes Ribeiro Porto Ruette foi professora em várias cidades da rede oficial do Estado e diretora de escolas estaduais das cidades de Bragança Paulista, Mogi Mirim e Itapira. Maria de Lourdes teve seu nome gravado na história da literatura paulista, a partir da publicação de seu romance “Esqueci de viver”, já em terceira edição e tem em andamento a obra “Ninho das Águias”. Dotada de rara sensibilidade artística, suas pinturas estão espalhadas entre São Paulo, Itapira e Catanduva. E foi seu romance e seus dotes de artista plástica, aliados à sua marcante participação na vida educacional do Estado que a levaram no ano de 2000, a ser eleita para uma das cadeiras da “Academia Itapirense de Letras e Artes – AILA”, que reverenciava naquele momento, a mulher que havia se dedicado às causas culturais e educacionais de Itapira por mais de duas décadas.

O casal residiu em Bragança Paulista, onde Antônio Celidônio foi vereador à Câmara Municipal de 1959 a 1962 e Presidente da Câmara Municipal, em 1962. Indicado para disputar o cargo de Prefeito Municipal, abriu mão da mesma atendendo à sua irmã, Da. Carmen Ruete de Oliveira, que o convidara para residir em Itapira e participar da direção dos negócios da Usina Nossa Senhora da Aparecida, em virtude do falecimento do seu marido, o comendador Virgolino de Oliveira – “O capitão do açúcar da baixa mogiana”, em desastre aviatório.

A partir de 1963, em Itapira, o casal Ruette pertenceu aos quadros do Rotary Club e, quando no exercício da presidência dessa notável instituição, foram autores de vários trabalhos rotários, promovendo, entre outros, a ampliação do Educandário “Nossa Senhora da Aparecida” e a instalação do parque infantil do Lar “São José”. Convocado pra dirigir os destinos do tradicional Club Recreativo XV de Novembro, Antônio Celidônio saneou os débitos que oneravam a agremiação e efetuou a remodelação de seu quadro associativo, presidindo, ainda por um período, os destinos da Associação Comercial e Industrial de Itapira. Foi vereador em Itapira, nas legislaturas de 1968 a 1971 e de 1976 a 1979, tendo sido presidente da Câmara Municipal em 1968, 1969, 1971, 1976 e 1977, revelando notável espírito público, valorizando a função legislativa e conduzindo-se acima dos partidos quando os interesses do município assim o reclamavam. Indicado pelo Diretório Estadual da ARENA para, em 1970, disputar uma cadeira de deputado federal, declinou da mesma, aceitando figurar como suplente ao cargo de Senador da República, na chapa de ex-vice governador do Estado, Hilário Torloni. Exerceu os cargos de Diretor Superintendente da Usina Nossa Senhora Aparecida de Itapira, e da Usina Catanduva, ocupando ainda, no período, os cargos de Membro Diretor da Cooperativa dos Produtores de Açúcar e Álcool do Estado de São Paulo, COPERSUCAR, da Associação dos Usineiros, do Sindicato do Açúcar e a Presidência da Companhia Industrial Paulista de Álcool, com sede na capital paulista.


(Foto: Divulgação / Matéria Press ANCEC – FALASP)
 
 

 

Fonte: Da Redação do PCI

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

303 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2019 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções