Carregando aguarde...
Itapira, 05 de Julho de 2022
Notícia
13/12/2021 | SMCC ensina prevenir o câncer de pele neste Dezembro Laranja

 

Exposição ao sol sem os cuidados necessários é a principal causa da doença, que teve mais de 185 mil casos registrados no Brasil em 2020

O mês de dezembro foi escolhido como o de conscientização sobre o câncer de pele, uma doença que registra cerca de 185 mil casos no Brasil, considerando os melanomas e não melanomas (Dados do INCA – Instituto Nacional do Câncer). O objetivo da campanha, intitulada Dezembro Laranja, é alertar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce. Como parte das ações desenvolvidas neste mês, a SMCC (Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas) está divulgando como prevenir o câncer de pele e quais são os sinais de alerta da doença. Confira o vídeo sobre o tema neste link: https://www.youtube.com/watch?v=y4_UnYH_a2w.

O câncer de pele é dividido em dois tipos: o melanoma, que é o tipo mais grave porque possui alta possibilidade de provocar metástase, e o não melanoma, o tipo mais frequente, com alto percentual de cura se diagnosticado precocemente.

De acordo com o cirurgião de cabeça e pescoço e coordenador do Departamento Científico de Cirurgia da Cabeça e Pescoço da SMCC, Dr. José Francisco Chagas, a alta incidência de câncer de pele no Brasil está ligada ao fato de sermos um país tropical. “Os raios ultravioletas são a grande causa dos cânceres de pele”, explica. Segundo o INCA, 30% de todos os casos de câncer registrado no Brasil são de pele.

O cirurgião orienta que sempre que a pessoa identificar uma lesão ou mancha na pele, que comece a crescer ou a ficar irregular ou sangrar ou coçar, deve procurar um médico para fazer um diagnóstico. “São sinais importantes. Todo câncer de pele vai apresentar uma mancha, uma lesão na pele”, comenta. Segundo ele, os cânceres não melanomas apresentam lesões ou manchas um pouco mais claras, diferentemente dos melanomas, caracterizados por lesões ou manchas bem pretas.

A melhor forma de prevenir o câncer de pele é evitar a exposição prolongada ao sol. E como o sol tem um efeito acumulativo, esse cuidado deve começar já na infância. “A prevenção é evitar que os raios ultravioletas atinjam a pele, com o uso de chapéus, bonés e, principalmente, uso de protetor solar, com fator acima de 15”, orienta. Dr. Chagas destaca, ainda, que não se deve esquecer de proteger os lábios, que são a área que mais apresenta esse tipo de câncer e, portanto, precisa de filtro solar próprio para ela.

Outros cuidados de prevenção importantes são: evitar a exposição ao sol entre 10h e 16h, utilizar roupas, sombrinhas, barracas, óculos com proteção UV e, sempre que possível, ficar embaixo de uma sombra.

O cirurgião explica que o tratamento mais indicado e mais comum para o câncer de pele é o cirúrgico. “Porque a gente consegue retirar por inteiro e examiná-lo. Outros tipos de tratamento, como crioterapia e imunoterapia, vão ser utilizados em casos de exceção, mas sempre que houver uma suspeita ou um diagnóstico de câncer de pele através de uma biópsia, ele precisa ser tratado, preferencialmente, quase 100% das vezes, com cirurgia”, reforça.

Sobre a SMCC:

A SMCC é uma entidade associativa, que reúne milhares de médicos de Campinas e Região. Fundada em 1925, tem como objetivo promover o conhecimento científico entre os profissionais, oferecer benefícios e desenvolver projetos sociais direcionados à comunidade. É considerada a Casa do Médico de Campinas.

Fonte: Da Redação do PCI

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1531 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2022 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções