Carregando aguarde...
Itapira, 16 de Junho de 2024
Notícia
12/12/2021 | Vacina contra o HIV mostra resultados promissores


Uma vacina com tecnologia de RNA (mRNA) contra o HIV demonstrou resultados promissores em animais. O anuncio foi feito por pesquisadores, na quinta-feira (09).

A vacina é considerada segura e foi administrada em macacos, com uma redução significativa de 79% de infecção pelo HIV. Os estudos foram realizados por cientistas do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID) dos Estados Unidos em parceria com Laboratório Moderna.

Os resultados foram publicados na Nature Medicine – uma importante revista cientifica – e mostram que a nova vacina é segura e induziu anticorpos desejados, com respostas imunes celulares contra um vírus semelhante ao HIV.

Macacos rhesus que receberam uma vacina primária, seguida de múltiplas inoculações de reforço tiveram uma redução de 79% no vírus do HIV (Vírus da imunodeficiência - VIH). A pesquisa foi liderada por Paolo Lusso, do Laboratório de Imunorregulação do NIAID, em colaboração com outros cientistas do laboratório Moderna.

A vacina experimental funciona como vacinas de mRNA COVID-19. No entanto, em vez de transportar instruções de mRNA para a proteína de pico do coronavírus, a vacina fornece instruções codificadas para fazer duas proteínas-chave do HIV (Env e Gag).  Apesar das altas doses de mRNA, o produto foi bem tolerado, causando efeitos colaterais moderados, como perda temporária do apetite.

As células musculares em um animal inoculado reúnem essas duas proteínas para produzir partículas semelhantes a vírus (VLPs), cravejadas com numerosas cópias de ENV em sua superfície. Embora não possam causar infecção ou doença, porque não possuem o código genético completo do HIV, essas VLPs correspondem ao HIV infeccioso completo em termos de estimulação de respostas imunológicas adequadas.

Apesar dos resultados, os cientistas envolvidos observaram que os níveis de anticorpos foram relativamente baixos, exigindo múltiplas aplicações em humanos. Desta forma, eles  ainda esperam melhorar a quantidade VLP antes de testar em humanos.

 

Fonte: Da Redação do PCI

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1492 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2024 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções