Carregando aguarde...
Itapira, 13 de Agosto de 2022
Notícia
30/08/2011 | SP abre exposição sobre propagandas enganosas de cigarros

"Propagandas de cigarro - como a indústria do fumo enganou as pessoas". Este é o tema da exposição que o Instituto do Câncer, ligado à Secretaria da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP, abriga a partir desta segunda-feira, 29, Dia Nacional de Combate ao Fumo.

A mostra, que reúne propagandas veiculadas nos Estados Unidos entre as décadas de 1920 e 1950, quando não havia controle sobre a publicidade do produto, apresenta campanhas em que médicos, crianças e até o Papai Noel "vendiam" cigarros. O objetivo é explicitar como a indústria do tabaco manipulou informações, utilizando falsas verdades para camuflar o fato de que seus produtos provocam graves problemas de saúde, como enfisema pulmonar e câncer.


Organizada originalmente por médicos da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, a exposição foi aberta em 2007 e exibida em São Francisco, Boston, Nova York, Filadélfia e Nova Orleans. A coleção original faz parte da Smithsonian Institution de Washington.

Para facilitar a visitação das 90 peças expostas no Icesp, a exposição está dividida conforme a temática das propagandas. "Crianças e temas familiares na propaganda de cigarro", "Ídolos do cinema e do esporte fizeram do cigarro um símbolo de status e saúde" e "Pesquisas pseudocientíficas e profissionais da saúde aprovam o cigarro" são algumas das vertentes abordadas.


A mostra é gratuita, aberta ao público e ficará exposta no hall de entrada do Icesp até o dia 14 de outubro. O Instituto do Câncer do Estado de São Paulo fica na Av. Dr. Arnaldo, 251 - Cerqueira César - próximo ao metrô Clínicas.

Incidência

Dados do Icesp mostram que 60% dos fumantes diagnosticados com câncer não conseguem largar o cigarro, mesmo após descobrirem a doença. Além disso, de todos os atendimentos realizados no Icesp, 35% dos pacientes, ou um em cada três, afirmam ser tabagistas no momento em que ingressam na unidade para realizar o tratamento.

"O consumo de produtos derivados do tabaco é responsável por 30% das mortes de pacientes oncológicos. Essa realidade precisa mudar - e as mudanças só acontecem por meio da conscientização, exatamente o que propõe esta exposição", avalia o diretor geral do Instituto, Paulo Hoff.


Da Secretaria da Saúde.

O tabagismo é um sério problema de saúde pública no mundo. O hábito desencadeia diversas doenças cardiovasculares e respiratórias, além de ser um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de diversos tipos de câncer.

Fonte: Portal SP

Comentários, artigos e outras opiniões de colaboradores e articulistas não refletem necessariamente o pensamento do site, sendo de única e total responsabilidade de seus autores.

Veja Também
Deixe seu Comentário
(não ficará visível no site)
* Máx 250 caracteres

* Todos os campos são de preenchimento obrigatório

1192 visitantes online
O Canal de Vídeo do Portal Cidade de Itapira

Classificados
2005-2022 | Portal Cidade de Itapira
® Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste portal sem prévia autorização.
Desenvolvido e mantido por: Softvideo produções